Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Inteligência emocional e intelectual e a relação com nosso potencial

Inteligência emocional e intelectual e a relação com nosso potencial

Inteligência emocional (QE), inteligência intelectual (QI) e a relação com nosso potencial geral

“Para ser intelectualmente verdadeiramente inteligente é importante também ser emocionalmente inteligente”

Inteligência emocional tem grande efeito no desenvolvimento e na utilização da inteligência intelectual. Mas o que é inteligência emocional? Basicamente é ter ciência, conhecer, entender e controlar as emoções. Portanto ser “emocionalmente inteligente” é basicamente ter relativo autocontrole, ou seja, ter habilidade para controlar emoções (medo, euforia, tristeza, alegria, ansiedade e outras) em diversos momentos. Quanto maior o autocontrole, conhecimento e habilidades, teoricamente maior a inteligência em um todo. O controle emocional ou autocontrole é fundamental para termos um bom desempenho durante o aprendizado, desenvolvimento de habilidades e na aplicação prática de nossos conhecimentos e habilidades. Em outras palavras, medo, ansiedade, euforia, excitação, tristeza, alegria e outros sentimentos podem comprometer significativamente nosso potencial, limitando em muito nosso desempenho durante o aprendizado, aquisição de conhecimentos, desenvolvimento de habilidades e suas aplicações práticas.

É difícil para a grande maioria lidar com as emoções, porém algumas atividades, quando verdadeiramente bem ministradas e ou aplicadas ensinam e ou ajudam muito a trabalhar e dominar / controlar nossas emoções. O Kung-Fu, Karate, Tae Kwon-Do e algumas outras artes marciais em suas formas tradicionais, ministradas por verdadeiros bons mestres / instrutores são algumas das atividades milagrosas quanto a aprender a controlar nossas emoções. Infelizmente praticamente tudo que se torna comercial, se estraga, perde sua essência, e por isso a maioria dos que atuam como mestres / professores inclusive das artes citadas, não sabem trabalhar o QI e QE. Somente alguns poucos professores e mestres hoje, especialmente os mais tradicionais, sabem e trabalham seus alunos de forma adequada, como no passado. Saiba mais no artigo: Benefícios gerados por artes marciais como o Tae Kwon Do, Kung Fu e Karatê

Para se tornar inteligente rapidamente, deve saber / aprender a se controlar e usar as emoções ao seu favor, seja durante o aprendizado, desenvolvimento de habilidades ou atuação prática.

Normalmente pessoas verdadeiramente intelectual e emocionalmente inteligentes têm relativo alto nível de sensatez, coerência, raciocínio lógico, autoconhecimento, autocontrole, não necessitam de psicólogos para resolver seus problemas; estes normalmente sabem reconhecer, analisar e buscar soluções para seus problemas intelectuais e emocionais. Deixando bem claro, não que pessoas inteligentes sejam sempre sensatas, coerentes e que nunca possam precisar de um profissional relacionado a saúde mental; quero dizer apenas que é menos comum.

Sentidos, percepção sensorial, habilidades básicas e específicas (mentais, sensoriais e físicas); cérebro, mente, inteligência, QI, QE, comportamento, controle emocional e outros direto e indiretamente relacionados, deveriam, ser abordados e trabalhados de forma direta em matéria específica, na escola, desde cedo, logo no início do aprendizado formal.

Isso não é nada difícil e os resultados seriam fantásticos. A maioria dos brasileiros teriam melhores resultados desde cedo, e obviamente, se dariam melhor profissionalmente perante o mundo. Mas, como sempre digo, o sistema não tem interesse, não quer, não possibilita e nem permite.

Filhos / jovens / alunos, bem trabalhados, educados, direcionados hoje, no futuro serão pais bem preparados, que monitoram, direcionam e auxiliam melhor seus filhos, ampliando significativamente seu aproveitamento e consequentemente seu potencial, juntamente com a escola e professores igualmente bem preparados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page