Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Perda de sono, noites mal dormidas, cansaço mental e a inteligência

Sono muito leve, noites mal dormidas, demasiada perda de sono, dormir muito pouco, principalmente forçado através do uso de estimulantes / “energéticos” naturais ou sintéticos, refrigerantes e outros produtos com ações estimulantes, geram “cansaço”, “preguiça” mental e consequentemente grandes prejuízos para inteligência, criatividade, processamento, raciocínio e outros processos mentais.

Talvez, pior que a perda de sono, é o sono irregular, com horários muito variados. Muitas pessoas por “necessidade”, ou até desnecessariamente, dormem na maioria das vezes em horários diferentes, e isso é tão prejudicial quanto dormir pouco. A coisa piora bastante quando se mistura as duas coisas – quando se dorme pouco e em horários muito variados. Esta soma gera enorme relativo cansaço mental.

Ao dormir, na grande maioria das vezes disciplinadamente, em um determinado horário e uma determinada quantidade de horas por “noite”/dia, mesmo que poucas, como 6 horas por exemplo, o corpo e a mente se acostumam, e após algum tempo (meses), passará a se sentir mais descansado e satisfeito do que na maioria das vezes que dormir muito em horários variados.

O ideal mesmo, mas difícil para a grande maioria, seria que nos alimentássemos, dormíssemos, trabalhássemos, praticássemos esportes e estudássemos basicamente sempre nos mesmos horários, sem nenhuma ou com pouca variação de tempo e quantidade, pois nosso corpo e mente gostam disso, foram desenvolvidos, projetados para trabalhar em ritmos, ciclos, assim como a terra, a lua, o sol, enfim, como praticamente todo o sistema biológico.

Portanto para ter melhor desempenho, principalmente intelectual / mental, procure disciplinar da melhor forma possível seus horários, quantidade e qualidade, principalmente de sono e de alimentação. Com bons hábitos especialmente alimentares, esportivos, mentais e quanto ao sono, o cansaço mental diminuirá expressivamente ou até se extinguirá completamente, e o indivíduo se concentrará muito melhor, terá melhor assimilação e processamento das informações.

Infelizmente a grande maioria dos estudantes cometem muitos erros, principalmente durante o período de estudos, preparação para exames, concursos, ENEM, Encceja, vestibulares e outros, em relação a descanso mental e aprendizado, acúmulo de conhecimentos e desenvolvimento de habilidades.

Para no mínimo um bom desempenho intelectual, é extremamente importante que se tenha o hábito de boas noites de sono.

Uso de “energético” / estimulantes de forma “errada”, abusiva e principalmente sem alimentação adequada e sem o necessário descanso para o cérebro se recompor, pode gerar sérios efeitos colaterais, danos temporários e até permanentes, a curto (pós efeito) e longo (alguns anos) prazo. Para aproveitar melhor os prós e minimizar os efeitos colaterais negativos, danos gerados pelos estimulantes naturais ou sintéticos, veja o artigo Os estimulantes / “energéticos” naturais e sintéticos / artificiais da série Inteligência, sabedoria e desenvolvimento de habilidades em nosso site. Veja também o artigo Os alimentos e as habilidades mentais / inteligência e outros direto e indiretamente relacionados a estes na mesma série.

O cansaço mental gerado devido à sono irregular, gera significante perda de foco / concentração, criatividade, desempenho e em casos mais sérios, a mente pode ficar vazia, o famoso branco.

Cada um tem seus hábitos: alguns se sentem completamente descansados com disciplinadas 6 horas média de sono diário/por noite, outros com 10. Tudo depende do perfil e necessidades de cada um. Pessoas com bons hábitos alimentares e esportivos necessitam entre 6 e 8 horas de sono diárias bem disciplinadas e bem dormidas. Isso é suficiente para manter uma mente ativa e produtiva durante várias horas.

Para obter bons resultados, deve observar, analisar, conhecer e trabalhar / moldar seu biorritmo (ritmo biológico), atividades mentais, físicas; alimentação, descanso e outros. Após alguns meses de hábitos quanto aos fatores citados, descanso / dormir, atividades físicas e mentais, e alimentação, sem grandes mudanças, o organismo e o cérebro se acostumam e passam a trabalhar bem melhor.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page