Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Por que / O que leva a promover concorrência desleal?

Por que / O que leva a promover concorrência desleal?

Artigo 2 parte 2 da série: Jogo sujo e concorrência desleal

Sendo bastante objetivo, são muitos os fatores que levam os seres humanos a jogar sujo, promover concorrência desleal. Alguns são causas, outros consequências e muitos são ambos. Não necessariamente na ordem apresentada, os principais fatores são: a pressa, correria excessiva; preguiça de estudar; falta de estudos, conhecimentos quanto a atividade e mercado; falta de preparo real adequado, maturidade técnica, profissional e comercial; falta de sensatez / bom senso, raciocínio lógico; por “vingança”/”justiça”, necessidade, defesa, contra ataque; por ego, vaidade (mostrar que é melhor que outros através de poder financeiro, utilização de produtos caros); por inveja, ganância, cobiça e ingenuidade, falta de malícia. Estes são basicamente fatores em âmbito pessoal, de cada um, que levam a prática de concorrência desleal.
Em âmbito social, econômico, regional, “global” entre outros, existem vários fatores igualmente sérios que levam a prática de concorrência suja, que devem ser considerados e conhecidos, entre eles os principais são: o capitalismo, globalização (inevitável); superpopulação, enorme e crescente explosão demográfica devido a falta de controle de natalidade de muitas regiões / países; a automatização igualmente inevitável, devido à natural evolução tecnológica e que consequentemente diminui expressivamente a necessidade de humanos; o desemprego, em especial gerado pela superpopulação somado a automação; a prostituição e saturação comercial; a má distribuição de renda, os baixos salários; as exorbitantes margens de lucro dos que já são relativamente grandes (bancos, indústrias, comércios em geral); a corrupção; a grande oferta de produtos e serviços relacionados à moda, lazer, alimentação, saúde, educação, profissão/trabalho, comunicação (alguns “necessários” outro nem tanto); os desnecessários altos preços de produtos, serviços, impostos, taxas, juros; os modismos, mídias e a dificuldade cada vez maior de entrar, se destacar, se manter em um mercado e de se ganhar dinheiro, justamente devido a estes e aos outros fatores citados.
Para finalizar a lista dos fatores que levam a prática de concorrência desleal, não poderia deixar de citar um de vários, que poucos enxergam e consideram: o compartilhamento através de TVs, revista, jornais e especialmente da internet e suas sub mídias de ideias, conceitos, técnicas, receitas, fórmulas, procedimentos, processos, “segredos”, diferenciais técnicos e profissionais de forma extremamente aberta, gratuita e ou muito barata, que permite que muitos copiem/”aprendam” prostituindo e saturando rapidamente produtos / serviços. O problema deste fator não é o compartilhamento em si, mas sim o fato de a grande maioria “estudar” sem foco, muito superficialmente e com isso adquirir conhecimento fragmentado, superficial e se tornar mais um entre muitos aventureiros oportunistas, sem conhecimento, preparo real, vendendo através de publicidade enganosa, lixo, produtos e serviços de baixa qualidade / eficiência, fazendo com que o diferencial do relativamente suficiente, a demanda de um mercado, deixe de existir, levando a consequências desastrosas para toda uma atividade/mercado como pode ser visto em outros artigos destas série sobre Jogo Sujo e Concorrência Desleal. Conhecimento, produtos serviços não precisam ser de graça ou muito barato, mas também não devem ser extremamente caros. Deve ter preço justo para ambos, desenvolvedor/produtor/vendedor e cliente/consumidor.
Juntos ou separadamente, todos estes fatores geram a necessidade que a maioria tem, cada dia mais, em se destacar perante os outros, passando um por cima do outro, buscando entrar, se destacar, crescer e ou se manter no mercado a qualquer custo.
Muitos dos fatores citados formam uma combinação bombástica responsável por muitos, na realidade, quase todos, os males atuais da humanidade.

Outros artigos da série:
Jogo sujo e concorrência desleal


 

2 respostas a Por que / O que leva a promover concorrência desleal?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page