Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Curso de computer music X curso de produção musical e ou de DJ

Muitos vendem, e outros compram, gato por lebre

Alguns cursos / escolas vendem curso de computação musical como se fosse curso de produção e ou de DJ.

Curso de computer music X curso de produção musical e ou de DJ

Muitos cursos denominados, melhor dizendo, classificados como curso de produção musical e ou de DJ, na realidade não passam de cursos básicos de computer music (computação musical), pois todos, ou pelo menos a maior parte dos cursos, focam determinado(s) equipamento(s) e ou software(s). Nestes cursos os DJs e ou produtores que atuam como instrutores não trabalham as principais habilidades e ferramentas (cérebro e a audição) de forma adequada.
Fatos em várias atividades comprovam que conhecer / “dominar” um ou mais software(s) e ou equipamento(s) mesmo que a fundo, mas sem os conhecimentos e habilidades adequadas bem trabalhadas não torna o aspirante um artista, em nosso caso um DJ e ou produtor de verdade. Como exemplos análogos de outras áreas, posso citar o fato de uma pessoa dominar um processador de texto como o Word da Microsoft e não saber / ter habilidade para escrever artigos, livros, dentre outros, enquanto que pessoas mentalmente bem preparadas, condicionadas e habilidosas quanto a arte literária e ou jornalística pode criar excelentes artigos e ou best-sellers, apenas com uma simples caneta e blocos de papel. Outro exemplo seria o fato de uma pessoa fazer um bom curso e dominar o Photoshop e ou o pacote de ferramentas gráficas Corel, mas não trabalhar adequadamente os conhecimentos e habilidades ligadas a imagem / foto e gráfico / desenho e com isso não conseguir criar algo realmente bonito, atraente, interessante, enquanto uma pessoa mentalmente bem preparada, bem condicionada quanto aos fatores e quesitos citados, tem capacidade de criar obras gráficas / fotográficas fantásticas. A mesma coisa pode acontecer com aspirantes a DJs e ou produtores musicais. As novas tecnologias, os modernos equipamentos e softwares são importantes, de grande valia, pois são relativamente mais rápidos, em muitos pontos, na maioria dos casos são mais precisos, com muitos recursos e facilidades interessantes, que agilizam o trabalho, porém, nas mãos de pessoas sem o conhecimento, habilidades, preparo e maturidade técnicas mínimas adequadas, não valem quase nada. Portanto, não se engane, ou não se deixe enganar: dominar apenas softwares e ou equipamentos não o tornará um DJ e ou produtor musical, muito menos bom de verdade. Apesar da importância, os conhecimentos relacionados aos equipamentos e ou softwares são os menos importantes se comparados a outros conhecimentos e habilidades relacionados a música, público, técnicas e alguns outros. Em outras palavras, na realidade o conhecimento relacionado com equipamentos e ou softwares é apenas uma pequena parte do conhecimento e das habilidades mínimas básicas que se deve ter para atuar. O mais importante quanto a arte DJ e ou de produção musical é trabalhar, desenvolver e aperfeiçoar as principais habilidades ligadas a música e outras de igual importância. Como sempre ensinei quando atuava como instrutor, escrevi em vários materiais e registrei ao longo de anos desde 1999, o segredo não está nos equipamentos, softwares, e ou nas mãos, e sim na música e em outros fatores com o mesmo nível de importância.
Ao comprar / investir em um curso, se informe o máximo possível para não jogar dinheiro e tempo fora e ou não se frustrar. Um bom curso de produção tem que ensinar a produzir. Um bom curso de DJ tem que ensinar a dominar a música e a “manipular” o público. Se o curso só ensinar a manipular equipamentos e ou softwares, então deve estar classificado e descrito, correta e claramente em seu site e ou em outros materiais publicitários, para não haver controvérsias no futuro. Se as informações não estiverem claras e ou o curso estiver vendendo gato por lebre, estiver ludibriando seus clientes / aspirantes com propaganda enganosa ele está desrespeitando todo o universo DJ – dos seus alunos e ex-alunos aos DJs veteranos sérios e bons de verdade.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page