Arte, ciência, ensino, aprendizado, comportamento, tecnologia e muito mais
Séries

Jogo sujo e concorrência desleal

Jogo sujo comercial e concorrência desleal está em tudo – do ensino, treinamento à igreja / religião, “justiça” / direito, medicina, nas artes, esportes e tudo mais que se possa imaginar.

Jogo sujo comercial, concorrência desleal, são os males que de forma direta ou indireta mais destroem produtos, serviços, mercados, atividades e especialidades profissionais. Em muitos casos destrói quem é bom de verdade, bem preparado, têm produtos, serviços verdadeiramente bons, eficientes, e em outros casos destrói também os que jogam sujo e ou promovem a concorrência desleal.

Consciente ou subconscientemente os seres humanos são mestres em destruir, principalmente por ganância, ignorância, imaturidade, insensatez; falta de preparo adequado, raciocínio lógico, sabedoria, entre outros.

Após três anos de estudos, investigações, pesquisas, observações e análises sobre jogo sujo e concorrência desleal iniciados em 2012, desenvolvemos um material com mais de 100 páginas, sintetizamos em um livro com mais de 80 páginas, e registramos juntamente com outros materiais em 2016. Logo após o registro, dividimos e começamos a publicar nesta série formada por mais de 40 artigos. Como é um tema muito vasto, publicaremos também outros sob demanda de acordo com as necessidades.

Esta série de artigos objetiva mostrar por diversos ângulos e níveis de profundidades estes males que devastam mercados quando não impedidos de forma adequada.

A forma mais fácil de se defender, evitar ser atingido e ou minimizar os danos diretos ou colaterais é conhecer o mais profundamente possível a concorrência desleal, suas principais práticas, técnicas, características, conceitos, procedimentos, entre outros.

Sugerimos que visite e leia a série “Moedas de troca não ortodoxas”, que complementa de forma direta esta série pois trata de algumas práticas muito utilizadas da concorrência desleal. Conheça também a série “Insensatez”, que de forma direta e indireta ajuda a compreender muitos dos motivos das práticas da concorrência desleal.

O estudo superficial desta série assim como de qualquer outro material normalmente gera conhecimento fragmentado, inconclusivo e igualmente superficial, o que na maioria dos casos leva a deduções, conclusões erradas. O ideal é que leia todo o livro. Não sendo possível, leia todos os títulos, ou pelo menos os primeiros na sequência, deixando o resto como material de consulta.

O jogo sujo X concorrência desleal

Já foi vítima de jogo sujo, concorrência desleal? Já jogou sujo? É possível se tornar famoso / renomado, ter sucesso, sem jogar sujo? Práticas que caracterizam concorrência desleal estão em todos os lugares, atividades e mercados, até na “justiça” / direito, medicina / saúde, “igreja” / religiões e especialmente em atividades artísticas. Atividades, mercados, novos são mais vulneráveis, fáceis de se contaminarem por entre outras coisas serem imaturos, a exemplo da atividade dos DJs que “cresceu” rapidamente sem controle e com isso está igualmente entrando rapidamente em decadência devido principalmente a concorrência desleal. Continue lendo

Concorrência desleal

Conhecer, entender a concorrência desleal, suas principais características, práticas, conceitos, mecanismos, recursos, ferramentas, consequências; o reflexo em todo um mercado, atividade, área profissional; entender como ela ecoa, reverbera e atinge outros mercados direta e indiretamente relacionados e também entender e mostrar como ela prejudica e lesa os clientes e consumidores finais, talvez seja a forma mais eficiente para combater, se defender e ou minimizar seus danos. Continue lendo

O início da concorrência desleal

A concorrência desleal cresce exponencialmente a cada década mas quando, como, onde e porque surge a concorrência desleal? Quem foram os precursores da concorrência desleal moderna? Quem são e qual a relação de alguns dos bilionários norte americanos dos últimos 150 anos, que fizeram os Estados Unidos ser a potência que é, com jogo sujo e concorrência desleal? Continue lendo

Jogo sujo, concorrência desleal e a saúde de atividades e mercados

Concorrência desleal e a saúde técnica, profissional, comercial, econômica e financeira de uma atividade profissional, mercado ou setor comercial. Muitas práticas de concorrência desleal geram feridas profundas, muitas delas difíceis de serem tratadas, e algumas, após o tratamento adequado, deixam sequelas. Continue lendo

Concorrências desleais, explícitas, sutis, maliciosas e inocentes

Algumas práticas de concorrência desleal são explícitas outras sutis, de fácil percepção. Além disso a concorrência suja pode ser proposital, consciente, objetivada, por má fé ou despretensiosa, sem intenção, por ignorância e ingenuidade; mas em todos os casos são danosas para atividades e mercados. Continue lendo

Publicidade pode transformar lixo em super produtos rapidamente

Propaganda / publicidade tem grande poder e muitos o utilizam para transformar lixo, produtos e serviços de baixa qualidade / ineficientes em super produtos e rapidamente. A propaganda enganosa é uma das práticas da concorrência desleal que faz uso da ingenuidade, imaturidade da maioria das pessoas para elevar a reputação, status de aventureiros oportunistas, empresas e empresários gananciosos e prejudicar os verdadeiramente bons, bem preparados. Continue lendo

Não se preparar adequadamente e vender o que não pode entregar

Não se preparar adequadamente e vender o que não pode / não irá entregar pode se caracterizar concorrência desleal. Muitos investem mais em publicidade, estrutura do que em estudos, pesquisas, análises base e complementares e em desenvolvimento para criar produtos, serviços de qualidade e eficiência reais e ou para ter diferencial. A grande maioria prefere jogar sujo, investir em publicidade enganosa e ou vender o que não pode e ou não irá entregar. Continue lendo

Uso de títulos, certificações em muitos casos caracteriza jogo sujo

Uso de títulos / titularidades como “o melhor do mercado”, fundamentação técnica e sem transparência quanto à fonte do mesmo, é jogo sujo, concorrência desleal. Em muitos casos, os títulos não têm fundamentos técnicos baseados em estudos, análises, comparações sérias, justas e imparciais; com isso, não retratam a realidade, simplesmente vendem mentiras através de propaganda enganosa. Continue lendo

Formação de panelinhas, cartéis, grupos comerciais maliciosos

Muitos profissionais e ou empresários formam grupos, fazem parcerias, alianças, e em muitos casos denominam estes grupos de networks / grupos de contatos, porém não passam de grupos maliciosos, cartéis ou panelinhas de aventureiros oportunistas sem maturidade e preparo real, com objetivo de se tornarem fortes, poderosos e dominarem o mercado, prejudicando concorrentes realmente bons, bem preparados. Continue lendo

O uso de poder, força, para intimidar, reprimir concorrentes

Em uma concorrência desleal muitos fazem uso de algum tipo de poder, força, superioridade política, financeira, entre outras, para manipular, intimidar, limitar, reprimir concorrentes, normalmente, técnico e profissionalmente superiores porém ainda sem malícia / experiência comercial e ou seus parceiros, visando dominar ou manter o controle, domínio de um mercado / atividade. Continue lendo

Moedas, compras, vendas não ortodoxas, propina, se vender e lobby

Corromper, dar propina, “presentear”, comprar privilégios; gerar facilidades e se vender são alguns recursos, ferramentas, práticas da concorrência desleal. O lobby, outra prática da concorrência desleal, é normalmente utilizado por grandes empresas, mas muitos profissionais e microempresários também o utilizam. Continue lendo

Concorrência desleal parasitária (plágio, roubo de ideias e outros)

São diversos os tipos de concorrência parasitária - vai de plágio parcial, síntese a espionagem comercial para roubo e utilização de técnicas, conceitos e outros. Muitos de forma maliciosa, intencional ou por ingenuidade roubam ideias / propriedade intelectual e outros. Na internet esta prática é extremamente comum e a maioria não sabe que além de ser crime alguns tipos de plágio diminuem o desempenho tanto do site plagiado quanto do plagiador e que além disso, existem profissionais e ferramentas, mecanismos para procurar, detectar e até para punir plágio. Continue lendo

Difamar, distorcer características de produtos e ou serviços concorrentes

Visando desacreditar, descredibilizar, denegrir a imagem, reputação de concorrentes, deixando a entender serem piores, sem realmente serem, para se favorecerem, muitos profissionais, empresários e outros, normalmente de forma indireta através de revistas, jornais, tv e especialmente através da internet em uma concorrência desleal, difamam, distorcem fatos, características de atividades, especialidades profissionais, produtos, serviços, técnicas, tecnologias concorrente e outros. Continue lendo

Concorrência desleal dentro de empresas

Muitos funcionários, colegas, praticam concorrência desleal para se destacarem, serem reconhecidos, promovidos, crescerem dentro da empresa e as práticas mais comuns para isso são: puxar o saco de superiores; distorcer fatos, situações, exagerar pequenas gafes, fazer chacota (bullying profissional), denegrir imagem, minimizar a credibilidade de colegas; direcionar, atribuir a outros colegas seus erros, falhas, deficiências; ofuscar boas ideias, conceitos e trabalhos bem feitos, bem elaborados de outros colegas ou apresentar os mesmos e deixar a entender que é o autor, que são suas, as grandes ideias e trabalho bem feitos. Continue lendo
Siga-nos
Link to my Youtube Page
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.