Arte, ciência, ensino, aprendizado, comportamento, tecnologia e muito mais
Séries

Estudo, aprendizado e certificado de amadores e profissionais

Ambos, amadores e profissionais, de muitas atividades podem vir de cursos formais bem elaborados, cursos ruins, ineficientes ou do aprendizado informal, como autodidata, e ambos podem ser muito bons. A diferença entre eles está basicamente no tempo que cada um leva para aprender, dominar as técnicas, desenvolver as habilidades e adquirir a maturidade técnica da atividade. Normalmente os que aprendem sozinhos sem um treinamento adequado, no início, levam muito mais tempo que o necessário, podendo este tempo aumentar em até dezenas de vezes para aprender, desenvolver as habilidades e dominar uma atividade, do que quem tem um treinamento adequado, bem dirigido e monitorado. Já com o treinamento bem elaborado e bem dirigido, como deu para perceber, pode-se levar apenas uma fração do tempo em comparação com quem não tem o treinamento adequado.
Além disso não é só o fato de se ter ou não um certificado que determina que uma pessoa pode ser classificada como melhor ou pior. O ser bom é muito mais relativo ao conhecimento adquirido, as habilidades desenvolvidas, a capacidade e maturidade técnica entre outros, que na grande maioria dos casos depende da qualidade do estudo, treinamento base e complementar; eficiência das técnicas de treinamento e exercícios; preparo na especialidade do instrutor quanto a treinamento e desenvolvimento de habilidades; do nível de dedicação, maturidade do aluno e de outros fatores, do que de um pedaço de papel, que só tem a função de comprovar que fez um curso, que por sua vez, em muitos casos só tem nome, pois é de péssima qualidade, são extremamente ineficientes e emitem certificados apenas de participação e não de competência e habilidades comprovadas adquiridas durante o mesmo.
Em algumas atividades onde há vidas em jogo, como medicina, engenharia, piloto de aeronave, motorista e várias outras, obviamente que se faz necessário a obrigatoriedade de um certificado de um curso regulamentado. O que não diz muita coisa, pois infelizmente a grande maioria dos formados e diplomados atuantes profissionalmente no mercado em várias atividades e especialidades essenciais, são lixo, são de péssima qualidade, ineficientes, sem o preparo e maturidade técnica mínima adequada / necessária, devido aos fatos citados acima. Porém qualquer formando com certificado bom ou não pode atuar como voluntário sem fins lucrativos. Na grande maioria das atividades esportivas e artísticas não se tem esta obrigação, nem se faz necessário. Algumas que possuem é por motivo puramente “burrocrático” e / ou por interesses comerciais de muitos direto e indiretamente ligados a atividade. O fato é que em muitas atividades não importa se tem certificado ou não, se estudou em escola, instituto grande, renomado, caro ou não, ou se aprendeu sozinho, como auto didata; o que importa é se realmente é bom, hábil e tecnicamente maduro ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos
Link to my Youtube Page
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.