Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

O que é mais difícil de aprender para se tornar um DJ?

Muitos têm a falsa ilusão de que o difícil é aprender a utilizar os equipamentos com aquele monte de botões, porém entender, dominar a música é relativamente a parte mais difícil. Entender e dominar os equipamentos é a parte mais fácil, principalmente se souber ler, interpretar e dominar a música. Na manipulação musical a parte mais difícil no início, é a afinação do ouvido quanto ao sincronismo entre músicas. A maioria dos cursos não trabalha esta parte básica, importante e fundamental. Normalmente deixam por conta do aluno a responsabilidade, para que na base da tentativa e erro desenvolvam, o que pode levar anos sem os exercícios corretos, vícios negativos que normalmente adquirem, falsos conceitos, técnicas ineficientes e ou aplicadas de forma inadequada. Alguns instrutores menos preparados declararam publicamente em mídias que não a ensinam, que só com muito tempo de treino o aluno poderá aprender sozinho. Porém em nosso curso está é nossa primeira e principal preocupação, pois é a base técnica do DJ. O instrutor DJ Wagner J. Pereira desenvolveu exercícios e técnicas testadas e aplicadas nos alunos. Com tais técnicas a maioria dos alunos consegue mais de 70% de afinação em pouco tempo (durante o curso). Dominando o sincronismo entre músicas, de ouvido, de forma correta sem se escorar em falsos conceitos, técnicas ineficientes e recursos tecnológicos que diminuem o potencial real do aluno, tudo ficará mais fácil e o aluno amadurecerá mais rapidamente e com habilidade real no controle musical. Outra coisa difícil é a administração das músicas quanto à “manipulação” de público. No curso é dada uma excelente base de conhecimento relacionado a sonoridade musical e indicado alguns estudos de campo para que o aluno rapidamente aprenda a ler, reconhecer, interpretar e  entender o comportamento emocional humano ( público) e em pouco tempo tenha conhecimento suficiente pra promover o controle do público através da sonoridade musical. Por fim a cultura musical, que depende de pesquisa, gosto e estilo musical de cada aluno.  Tendo boa afinação, boa cultura musical e conhecimento técnico (estrutural e sonoro) musical, tudo ficará muito mais fácil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.