Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Os primeiros sinais da perda de audição

Devido aos DJs e alguns outros profissionais da música ouvirem música muito “alta” / intensa por muito tempo, no início alguns dos principais sinais de perda da audição passam despercebidos. E devido a serem praticamente os mesmos, alguns são confundidos com efeitos / perdas temporárias provocadas por exposições prolongadas à altas pressões sonoras. Na maioria dos casos os sinais só são notados quando já estão extremamente perceptíveis e quando, infelizmente, já pode ser muito tarde, tornando o problema crônico irreversível. Para DJs, músicos, produtores musicais e outros detectarem os sinais de perdas auditivas logo no início, o ideal é seguir os procedimentos indicados no artigo “Os DJs e os exames auditivos preventivos periódicos” desta série. Mas periodicamente, entre um exame e outro com um bom especialista, deve estar sempre atento, ligado a algumas mudanças / alterações na percepção sensorial auditiva, que podem ser sinais ligados a perdas da audição. Mas para reconhecer estes sinais, deve conhecer alguns dos mais comuns que podem caracterizar problemas / perdas auditivas, dentre eles: estalos, zumbidos, apitos e perdas momentâneas da audição. Este último lembra a sensação de quando cai água no ouvido e os estalos se parecem com o clique de um mouse – alguns aleatórios e outros ritmados. No início os apitos podem ser imperceptíveis e passarem despercebidos para quem não os reconhecer; eles são muito agudos, parecidos com o barulho emitido pelas cigarras, porém, extremamente sutis. Alguns dos sinais são mais perceptíveis em locais muito silenciosos. Um outro problema ligado aos ouvidos que deve ser levado em consideração por DJs, produtores e outros profissionais que trabalham com música, é a hipersensibilidade auditiva, conhecido também como hiperacústica, que torna desconfortável música / sons intensos. Se perceber qualquer um destes sinais, deve buscar imediatamente a ajuda de um especialista. Pode não ser nada, mas com certeza, é melhor prevenir do que ser pego de surpresa. Saiba que ouvir música muito alta por algum tempo pode gerar estes mesmos sintomas por alguns segundos, minutos ou até mesmo por algumas horas, mas após um bom descanso voltará ao normal, o que não caracteriza um problema definitivo. Porém, de qualquer forma, deve se cuidar pois certamente o fenômeno está contribuindo para problemas mais sérios no futuro.

Para finalizar este artigo da série sobre audição, gostaria de dizer que, mesmo que não perceba nada, não deixe de consultar especialistas (fonoaudiólogo e ou otorrinolaringologista) periodicamente, pois bons profissionais, com exames adequados e precisos, podem detectar problemas muito antes que você possa perceber.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page