Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Por que um curso de DJ de 20hrs personalizado pode ser várias vezes mais eficiente, e conseqüentemente, várias vezes mais barato que um curso em grupo / turma com o triplo ou mais da carga horária?

Em nosso curso personalizado de 20 horas o aluno terá no mínimo 16 horas de prática (contato direto com o equipamento) e o restante são as explicações teóricas, básicas e fundamentais e, portanto, extremamente necessárias. Já os cursos de DJs em grupo compartilham um equipamento para todos os alunos da turma. Para que cada aluno tenha a mesma carga horária praticada do curso do DJ instrutor Wagner J. Pereira um curso de turma para 10 alunos, necessitaria de aproximadamente 180 hrs de carga horária total sendo aproximadamente 160 horas de prática e o resto para teoria e esclarecimentos. Com esta carga horária o curso poderá se tornar no mínimo duas vezes mais caro que um personalizado. Para saber o tempo médio em que terá oportunidade de praticar, basta dividir a carga horária total do curso pelo número de alunos. Portanto um curso de 50 horas para 10 alunos, cada aluno terá uma média de 5 horas de contato com o equipamento.
Isso tudo sem levar em conta o conhecimento e preparo do instrutor e sua habilidade em ensinar, nem levando em conta a qualidade do conteúdo do material didático (apostila), que a maioria dos cursos não fornece, sendo este de extrema importância para maximizar o conhecimento e potencial geral do aluno, pois promove um maior aproveitamento das aulas práticas. Também sem considerar o acompanhamento em tempo real por parte de um instrutor bem preparado para identificar e corrigir técnicas aplicadas de formas incorretas, falsos conceitos e vícios negativos que normalmente surgem durante o aprendizado e prática inicial. Estes inconvenientes se não forem identificados no início e trabalhados corretamente, diminuem a eficiência do curso e aumenta o tempo necessário para se tornar um profissional bom de verdade em dezenas de vezes. Qualquer curso com menos de 10 horas de prática, sem o acompanhamento inicial necessário e sem um material didático bem elaborado é extremamente básico, praticamente uma apresentação da atividade do DJ. Estes cursos não desenvolvem as habilidades mínimas necessárias a um DJ, ficando por conta do aluno quebrar a cabeça, na base da tentativa e erro e adquirir as habilidades mínimas citadas acima, o que pode levar até anos devido principalmente aos vícios também já citados e técnicas ineficientes. Somente alguns poucos alunos, menos de 10% (sendo otimista) desenvolve parte das habilidades até finalizar o curso. O que comprova a baixa eficiência, pois para classificar um curso bom ele deve ter no mínimo 50% de eficiência.
Os cursos em grupo também não utilizam alguns recursos tecnológicos e técnicas que poderiam ampliar um pouco mais sua eficiência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page