Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Este canal tem foco em economia, jogo sujo geral e que caracteriza concorrência desleal e outros temas direta e indiretamente relacionados.

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Insensatez positiva

Artigo 7 da série: Insensatez

Algumas “insensatezes” podem ser benéficas pois em alguns casos elas levaram a grandes inventos, descobertas, inovações e evoluções.
Cientistas, estudiosos e inventores têm muitos momentos visionários, ideias fantásticas, mas que na visão da maioria, especialmente dos imaturos e céticos, são ideias, conceitos, momentos insensatos, ilusões. Mas se não fossem estes momentos, conceitos, ideias, “ilusões”, não teríamos os modernos televisores, computadores, celulares, carros, lasers e muitas outras tecnologias e produtos que são utilizados em nosso dia a dia, em diversas áreas, atividades, inclusive na medicina / saúde. Em outras palavras, se não fossem os momentos “insensatos”, os investimentos, especialmente de tempo em profundos estudos, a persistência e a dedicação de pesquisadores, cientistas, estudiosos, homens e mulheres destemidas, pessoas como Nicola Tesla, Steve Wozniak, Katharine Burr Blodgett, Santos Dumont, Stephanie Louise Kwolek, Albert Einstein, Tabitha Babbitt, Vivien Thomas e muitos outros de várias épocas e especialidades, que viajaram, divagaram e persistiram em suas ideias e conceitos, que para muitos, quase totalidade, eram inimagináveis, insensatas, impossíveis, como disse, não teríamos muito do que temos hoje quanto a recursos e tecnologias. Por diversos motivos podemos chamar estas e algumas outras de insensatezes positivas.
A maioria das “insensatezes” dos cientistas, visionários, são baseadas em raciocínio lógico e em plausibilidades de teorias provenientes de estudos, pesquisas, análises e conhecimentos gerados por estes. Algumas podem até não dar certo, porém, pelo menos têm fundamentos teóricos plausíveis.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este canal está sendo reestruturado e tem foco em temas ligados à inteligência, arte, ciência, tecnologia, comportamento e outros.


Em nosso podcast falaremos sobre inteligência e comportamento, jogo sujo e concorrência desleal, algumas artes, ciências, esportes, sobre economia e outros temas.

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.