Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas
Siga-nos

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Este canal tem foco em economia, jogo sujo geral e que caracteriza concorrência desleal e outros temas direta e indiretamente relacionados.

Qual o melhor tipo de equipamento para aprender a ser DJ? É preciso ter um equipamento caro / top de linha?

Devido as informações inadequadas, muitos têm muitas dúvidas, falsos conceitos e até preconceitos quanto aos equipamentos. Com isso, investem errado ou fazem perguntas semelhantes a estas na internet. Porém, não é necessário ter um super equipamento para se tornar um super DJ, pois DJs bons de verdade, realmente bem preparados, podem com equipamentos simples, administrar suas músicas e montar sequências em tempo real, ao vivo, de acordo com uma série de fatores e fazer a grande maioria de seu público se divertir muito, enquanto muitos DJs com equipamentos tops, extremamente sofisticados e repletos de recursos, mas sem o conhecimento, preparo e sem maturidade profissional não conseguem elevar o teor de animação do público nem a níveis medianos, ficando na maioria das vezes abaixo dos 30%, apenas com alguns poucos e curtos picos de alto teor de animação. Em muitas atividades e profissões, os equipamentos sofisticados, com vários recursos e efeitos só ampliam o potencial de quem já é bom de verdade. 

Melhores equipamentos para aprender a arte e ciência dos DJs

Melhores equipamentos para aprender a arte e ciência dos DJs

Qualquer um pode aprender e / ou até iniciar com equipamentos simples, como a maioria dos DJs começou. Como já deve ter percebido, não é o fato do equipamento ser top de linha, com muitos recursos, efeitos, facilidades e / ou caro que fará um DJ ser bom ou não, principalmente em pouco tempo. Inclusive muitos equipamentos básicos, simples e baratos de hoje são superiores aos tops equipamentos utilizados por DJs do mundo todo há 8, 10 anos atrás, e muitos destes ainda são utilizados até hoje por alguns DJs tradicionalistas.

É claro que bons equipamentos ajudam a ampliar o potencial de DJs bons de verdade, porém, podem dificultar e retardar o desenvolvimento das principais habilidades de iniciantes, devido a recursos tecnológicos mal interpretados e / ou usados de forma inadequada, e por não haver um treinamento adequado / bem dirigido. Recursos e / ou facilidades tecnológicas mal utilizadas podem gerar preguiça e relaxamento mental, minimizando assim expressivamente o potencial / desempenho do profissional.

Lembre-se que as ferramentas mais importantes para os DJs são o cérebro e os ouvidos. Os DJs bons de verdade, sabem ler, interpretar, dominam a música de ouvido, e sabem ler, interpretar e manipular / controlar / dominar o público de acordo com uma série de fatores. DJs bons de verdade quanto a repertório / set / sequência e domínio de pista / público, que têm em mãos equipamentos simples com o essencial, podem se sair muito bem e fazer as pessoas se divertirem muito. E se estes DJs tiverem em mãos equipamentos sofisticados, poderão aplicar efeitos presentes nos mesmos, para realçar ainda mais as músicas. Para quem não sabe, além de alguns recursos e facilidades tecnológicas, o grande diferencial de equipamentos mais sofisticados para modelos mais simples são justamente os efeitos como Loop, HotCue, Flanger/Jet, Pan, Transform, Filters, Echo, Scratch, Backspin, Brake/Zip, Reverse entre outros possíveis, que se bem utilizados, com maturidade, bom senso e coerência podem fazer a pista ficar um pouco mais animada. Porém de nada, ou pouco adianta os equipamentos serem sofisticados, com um monte de recursos e efeitos se o repertório / set / sequência e o público não forem bem administrados / trabalhados.

Enfim, inicialmente use o que seu bolso puder pagar, dedique-se, seja bom de verdade com o que tiver em mãos e corra atrás que com certeza conseguirá no futuro comprar os melhores equipamentos com o conhecimento, habilidades e talento construído / desenvolvido e ou natos.

Para finalizar, não confunda equipamentos básicos / simples (“categoria / peso leve”), com equipamento de baixa qualidade. Também é bom lembrar que os toca-discos utilizados durante décadas por DJs de todo o mundo, são equipamentos extremamente simples, principalmente se comparado aos super players digitais atuais, muitos que inclusive, simulam os toca-discos tradicionais.

RGT:2010

8 comentários para Qual o melhor tipo de equipamento para aprender a ser DJ? É preciso ter um equipamento caro / top de linha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos


Em nosso podcast falaremos sobre inteligência e comportamento, jogo sujo e concorrência desleal, algumas artes, ciências, esportes, sobre economia e outros temas.

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.

 

Este canal está sendo reestruturado e tem foco em temas ligados à inteligência, arte, ciência, tecnologia, comportamento e outros.