Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Conexões (montagem física) de placas de som (Soundcard)

(Para uso com softwares profissionais para DJs)

configuracao_basica_mixer_virtual    configuracao_basica_uso_treino_e_multimidia     configuracao_basica_mixer_real

Como mostrado em placas de som, existem diversas marcas e modelos que podem ser utilizadas em programas/softwares para DJs, aqui mostrarei algumas possibilidades de conexão utilizando uma só placa de som (surround). Para entender esta etapa deve-se ler primeiro sobre placas de som. Caso contrário poderá parecer confuso. É possível fazer diversas configurações físicas de placas de som, dependendo apenas das limitações criadas pelos fabricantes das mesmas, da aceitação dos softwares (programas) e da experiência técnica de quem instala e usa (Veja detalhes em placas de som). Quanto ao Mixer, é possível fazer várias configurações. Poderá usar um Mixer físico profissional para DJs

de qualquer marca e modelo, do mais simples ao sofisticado ou simplesmente usar o Mixer Virtual (do próprio software/programa) que é menos confortável, utilizado com o mouse, e exige muito mais do DJ. Porém, como vantagem desenvolve uma enorme habilidade dinâmica em quem o domina.

Usando o mixer virtual (do próprio programa/software)

Caso pretenda usar o Mixer do software e não um Mixer físico (real) profissional para DJs, normalmente deve-se conectar o headphone no plug verde (saída principal) e o cabo do amplificador, micro system, caixa multimídia ou outro sistema que utilizará como amplificador, na outra saída, que em algumas placas de som costuma ser preta. Porém, isso pode mudar de acordo com o modelo ou fabricante. Caso não saiba quais os plugs/conectores de saída, verifique o manual que pode ser impresso ou eletrônico. No caso do eletrônico, fica no CD de instalação da placa de som. Caso não tenha o CD e nem o manual impresso, deve-se recorrer ao site do fabricante ou a um profissional de informática experiente. Analise a ilustração abaixo:

configuracao_basica_mixer_virtual

Usando o mixer real (físico)

Apesar dos softwares de mixagem para DJs possuírem Mixer Virtuais que podem ser utilizados com o teclado e/ou mouse, é extremamente recomendado que se use um Mixer real, por proporcionar maior conforto, agilidade, realismo e precisão durante a mixagem. O Mixer real não se faz necessário se estiver usando um controle MIDI/USB próprio para software de DJ (veja mais em controles para DJs). Podem ser encontrados Mixers de diversas marcas e modelos, recursos e conseqüentemente preços. Um Mixer de dois canais é suficiente, mas para uso profissional é aconselhável o uso de modelo com mais de dois canais, e de boa qualidade. Veja mais detalhes sobre Mixer em equipamentos para DJs.

configuracao_basica_mixer_real

 

Extras

Cabos X Conectores

Quanto a conexão dos cabos que interligam a placa de som ao Mixer, deve ser cada saída da placa de som, em um canal “Line” (2 conectores RCA) do Mixer, sendo que os conectores/plugs RCA vermelho devem ser conectados sempre no conector de mesma cor (vermelho), que representa a direta (R – Right) do estéreo. O outro plug/conector (preto ou branco) deve se conectado ao conector que represente o esquerdo (L -Left) do estéreo, que pode ser preto ou branco como na ilustração abaixo.

rca_c_legenda

Lembre-se: usando um Mixer real, o fone de ouvidos (headphone) deve ser plugado/conectado no plug P10(1/4) destinado a ele no Mixer. Seguindo as mesmas regras de cores descritas acima, para ligar o sistema de amplificação ao Mixer, deve procurar no mesmo a saída (output). Alguns Mixers chegam a ter até três saídas: uma para gravação, outra para monitor e a principal, ou seja, para amplificação. E é nesta que deve-se ligar o sistema de amplificação, que pode ter o nome de Amp Main, ou outro. Veja no manual do seu, qual se refere a saída principal. Para conectar a placa de som ao Mixer serão necessários dois cabos RCA/P2 stereo como o da ilustração abaixo.

cabo_rca_p2

Para conectar o Mixer ao sistema de amplificação será necessário um cabo RCA/RCA como da ilustração. Exceto quando estiver usando caixas multimídia, que será necessário um cabo RCA/P2 fêmea stereo, que não é muito comum,porém, você poderá mandar confeccionar (Veja mais detalhes no fim da página Sistemas de amplificação básico para DJs).

cabo_rca_rca

Conexões invertidas

Som saindo onde não deveria

Quem não usa Mixer real, deve observar que alguns softwares profissionais para DJs exigem que o fone seja conectado em um determinado plug de saída e o amplificador no outro. Caso tenha trocado, e o som que deveria sair no fone esteja saindo nas caixas e vice-versa, basta desconectar e inverter os plugs na placa de som ou entre os canais do Mixer. Já outros programas são indiferentes. Pode plugar o fone ou amplificador em qualquer uma das saídas, caso esteja trocado, ou seja, o som que deveria sair no fone esteja saindo nas caixas e vice-versa, poderá inverter os cabos ou simplesmente inverter na configuração do próprio software. No caso de uso de um Mixer real, se os canais estiverem invertido, o da direita estiver saindo o som da esquerda e vice versa, poderá fazer o mesmo: inverter as conexões físicas ou no próprio software, caso ele permita.

Mixer com mais de dois canais

Se o Mixer tiver mais de dois canais e você não tem nenhuma intimidade com conexão de áudio, deve seguir as mesmas indicações e/ou consultar o manual do Mixer, onde normalmente se encontra sugestões gráficas de conexões. Normalmente os exemplos são com CD/MP3 players, mas basta imaginar que cada saída que está usando da placa de som, seja um CD/MP3 Player. Utilizando a placa onboard para os softwares multimídia e a offboard para mixar. Caso possua e queira aproveitar a placa de som onboard (integrada) para o uso dos softwares, deve configurá-la no painel de controle do sistema operacional como a principal. Com isso, evitará ter que ligar todo o sistema apenas para jogar ou para os demais sons básicos do sistema.

configuracao_basica_uso_treino_e_multimidia

Importantes:

– Por segurança, deve-se evitar conectar cabos com os equipamentos ligados pois pode danificar um ou todo equipamento. Para não correr riscos de esquecer, se discipline e crie o hábito de desconectar da tomada, principalmente do computador.
– Alguns têm dificuldades em interpretar textos e/ou gráficos, mas para se tornar um bom profissional de muitas áreas não só a de DJ, é necessário aprender a interpretar gráficos e textos técnicos. Caso contrário ficará limitado, e perderá para quem desenvolveu estas habilidades.
– Os gráficos são ilustrativos e não estão em tamanho, escala ou proporções reais. São apenas para exemplificar algumas possibilidades. Pode não se referir a sua, portanto consulte os manuais dos seus equipamentos para evitar danos.
– A maioria dos softwares de mixagens profissionais para DJs requerem  placa de som multicanais e alguns requerem duas placas de som mais básicas.Veja mais sobre placas de som em placas de som para DJs.
– Veja, analise, estude gráfico de algumas possibilidades de configurações físicas e siga a que mais se encaixa às suas necessidades e recursos.
– Caso não esteja seguro ou apto, não faça. Peça alguém apto para fazê-lo.

 

2 comentários para Conexões (montagem física) de placas de som (Soundcard)

  • Não trabalho como DJs, mais cuto muito som. 

    gostaria d montar um som proficional para curtir, sou leigo no assunto gostaria d ajuda se posivel

    • Olá Josenaldo, obrigado por visitar nosso site e utilizar nosso conteúdo para ampliar seu potencial.
      Bom, equipamento profissional é muito relativo; depende de diversos fatores e variáveis, como o quanto está disposto a gastar (R$ 5.000,00 ou R$ 100.000,00); onde e como utilizará o equipamento; as técnicas que pretende aplicar / se especializar, dentre vários outros fatores. São muitos os tipos, modelos, marcas, potências e tamanho de equipamentos que podem e devem ser utilizados. Configurar, montar um sistema depende das necessidades, objetivos e bolso de cada um.
      Vendedores indicarão facilmente pois tentarão empurrar um monte de coisas, muitas vezes desnecessárias. A melhor e mais barata solução é você investir algumas horas, estudar alguns artigos do nosso site sobre este assunto, que criamos com este objetivo, ou seja, ajudar leigos a tomarem a decisão o mais acertada possível e não jogar dinheiro fora.
      Para se comprar um equipamento, e investir da forma o mais precisa possível, a melhor forma é fazendo uma consultoria com um profissional sério, ou como disse acima, estudando os materiais que disponibilizamos em nosso site como este: O que levar em consideração ao comprar equipamentos para DJs? e Como comprar produtos e serviços de / para DJs.
      Além disso, conheça também a página com todos os nossos artigos. Eles poderão lhe ajudar muito se realmente tiver disposto a se divertir sendo bom de verdade, seja por auto satisfação ou por profissão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.