Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Este canal tem foco em economia, jogo sujo geral e que caracteriza concorrência desleal e outros temas direta e indiretamente relacionados.

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Timecode DJ Controle – Conceitos

Modelos de controles conceituais alternativos para aproveitar toca-discos

Várias opções para diferentes técnicas, necessidades e bolsos

Mais flexíveis, inteligentes, práticos, versáteis e de menor custo.

controle_dj_midi_usb_timecode_a_mini  controle_dj_midi_usb_timecode_b_mini

A indústria para DJs criou o sistema de timecode para aproveitar os toca-discos e/ou manter o charme (expressão física e sentimental) tradicional de se tocar com vinil. Porém poderia ter trabalhado com tecnologias mais precisas, inteligentes, leves, resistentes e até mais baratas, para criar equipamentos mais versáteis, eficientes, de fácil transporte e de menor custo. Abaixo apresento algumas possibilidades de equipamento usando tecnologias que proporcionam as vantagens e os recursos citados.

timecode_conseito_controller_dj_a_miniPara alguns, entender equipamentos e tecnologias conceituais pode parecer um pouco complicado. Mas lendo outros artigos deste site, como sistema timecode (que é recomendado antes de ler este), e adquirindo intimidade com equipamentos e tecnologias para DJs, rapidamente terá facilidade em compreender mais facilmente as tecnologias úteis para DJs de várias especialidades. Profissionais ou amadores mais experientes e informados não terão muita dificuldade em entender os equipamentos conceituais mostrado neste artigo. Nesta edição do artigo não aprofundarei muito em detalhes mais técnicos. Mostrareis o básico, suficiente, evitando complicar o assunto.
Iniciarei mostrando um dos conceitos mais avançados, prático, eficiente, versátil, e que com certeza, agradaria a maioria dos DJs de quase todas as especialidades, principalmente os sem preconceito e futuristas modernos.

Alternativa mais prática e barata

controle_dj_midi_usb_timecode_b

A maioria dos sistemas timecode utilizam dois toca-discos, o que não é muito prático quanto ao transporte, além de não ser muito barato para muitos. Porém para facilitar no transporte (peso e volume) é possível utilizar só um para manipular os dois players virtuais do software para DJs. Um único toca-discos seria comutável entre um ou outro player virtual através de um botão no controle ou teclado do computador, configurável no software, diminuindo, significativamente o custo, peso e volume. Este recurso depende mais do software que do sistema timecode e não requer muito esforço por parte de desenvolvedor de software (softhouse). Outro inconveniente, é que a maioria dos sistemas timecode requer uma interface que é basicamente uma placa de som dedicada, e um mixer convencional, que juntos contribuem com a inconveniência no transporte e conectividade, além de tornar-se caro. Este sistema poderia ser substituído por um controle USB híbrido, integrando mixer analógico e digital, interface timecode, controle MIDI com funções do players e até de efeitos para os DJs mais interativos musicalmente, que tornaria tudo mais simples, prático e mais barato. Ilustro o conceito abaixo com um controle com Jog, o que seria muito útil pois traria mais conforto, praticidade, precisão na utilização, principalmente os com Jog multifuncionais, que possibilitam configurar efeitos e controles de velocidade, que permitiria também interagir na velocidade da música, mesmo do player virtual que o toca-discos com timecode está ativo. Este tipo de controle permitiria usar de forma opcional o Jog e/ou o vinil de timecode.

Alternativa mais cara e pesada

Para alguns DJ, normalmente os que têm muitos discos de vinil convencionais e pretende usá-los também, a utilização de dois toca discos se torna necessária ou até obrigatória. Sistemas com dois toca discos também podem ser usados para os que não têm problema com peso, volume e investimento. Este controle conceitual permite de forma opcional usar um ou dois toca-discos, de acordo com desejo e/ou necessidade de cada DJ. Para que o DJ possa escolher tocar vinil convencional, usar o sistema timecode e até mesmo misturar os dois, o controle teria uma chave em cada canal que permite comutar entre vinil convencional ou de timecode.

controle_dj_midi_usb_timecode_a

Este conceito com duas toca-discos e o anterior com apenas uma, foram testados em meu laboratório / estúdio, utilizando a combinação de um renomado software profissional de mixagem, que disponibiliza seu próprio vinil de timecode, e um soundcard / controle USB / MIDI básico para DJs. A combinação apresentou bons resultados, podendo melhorar se algumas deficiência do controle e também do software utilizado forem eliminadas em suas próximas edições / versão. Por não haver necessidade de um mixer convencional e um “decodificador” timecode, reduziu o custo e facilitou o transporte significativamente.

Alternativa mais simples

Uma alternativa mais simples muito parecida com a anterior porém, com menos recursos e conseqüentemente menos flexível. Seria apenas a integração de Mixer USB, controle MIDI para o Mixer Virtual e SoundCard 2in e 2out estéreo com suporte ASIO (que naturalmente trabalharia como “decodificador” Timecode) integrados em um único aparelho, basicamente eliminando as funções dos players. Permitindo também o uso de um outro dois toca discos. Este conceito, no mínimo facilitaria no transporte e no custo.

timecode_conseito_controller_dj_a
Os sistemas demonstrados acima não são totalmente conceituais pois de forma acidental, e não proposital, parte do conceito já existe. Utilizando o controle BCD2000 da Behringer e o DJ console da Hercules com o Virtual DJ, testei e utilizo este conceito em meu laboratório/estúdio. Mas tanto o software quanto o controle utilizado ainda deixam muito a dever. Em uma outra oportunidade darei maiores detalhes de como configurá-lo.

Lembrando: para que este conceito se torne popular, as softhouses (produtora de softwares) devem adicionar em seus softwares os recursos/funções aqui citados. Dos vários softwares que analisei, o Virtual DJ, apesar de algumas deficiências, é o único que oferece recursos que permitem aplicar os conceitos aqui apresentados. Para que o sistema seja 100% confiável a maioria dos fabricantes de equipamentos precisa melhorar a qualidade de seus controles, e ambos, softhouses e fabricantes necessitam promover maior compatibilidade entre softwares e controles. Além das vantagens dos recursos citados, estes conceitos proporcionam várias outras, menos relevantes no momento.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este canal está sendo reestruturado e tem foco em temas ligados à inteligência, arte, ciência, tecnologia, comportamento e outros.


Em nosso podcast falaremos sobre inteligência e comportamento, jogo sujo e concorrência desleal, algumas artes, ciências, esportes, sobre economia e outros temas.

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.