Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Jogo sujo e concorrência desleal

Jogo sujo comercial e concorrência desleal está em tudo – do ensino, treinamento à igreja / religião, “justiça” / direito, medicina, nas artes, esportes e tudo mais que se possa imaginar.

Jogo sujo comercial, concorrência desleal, são os males que de forma direta ou indireta mais destroem produtos, serviços, mercados, atividades e especialidades profissionais. Em muitos casos destrói quem é bom de verdade, bem preparado, têm produtos, serviços verdadeiramente bons, eficientes, e em outros casos destrói também os que jogam sujo e ou promovem a concorrência desleal.

Consciente ou subconscientemente os seres humanos são mestres em destruir, principalmente por ganância, ignorância, imaturidade, insensatez; falta de preparo adequado, raciocínio lógico, sabedoria, entre outros.

Após três anos de estudos, investigações, pesquisas, observações e análises sobre jogo sujo e concorrência desleal iniciados em 2012, desenvolvemos um material com mais de 100 páginas, sintetizamos em um livro com mais de 80 páginas, e registramos juntamente com outros materiais em 2016. Logo após o registro, dividimos e começamos a publicar nesta série formada por mais de 40 artigos. Como é um tema muito vasto, publicaremos também outros sob demanda de acordo com as necessidades.

Esta série de artigos objetiva mostrar por diversos ângulos e níveis de profundidades estes males que devastam mercados quando não impedidos de forma adequada.

A forma mais fácil de se defender, evitar ser atingido e ou minimizar os danos diretos ou colaterais é conhecer o mais profundamente possível a concorrência desleal, suas principais práticas, técnicas, características, conceitos, procedimentos, entre outros.

Sugerimos que visite e leia a série “Moedas de troca não ortodoxas”, que complementa de forma direta esta série pois trata de algumas práticas muito utilizadas da concorrência desleal. Conheça também a série “Insensatez”, que de forma direta e indireta ajuda a compreender muitos dos motivos das práticas da concorrência desleal.

O estudo superficial desta série assim como de qualquer outro material normalmente gera conhecimento fragmentado, inconclusivo e igualmente superficial, o que na maioria dos casos leva a deduções, conclusões erradas. O ideal é que leia todo o livro. Não sendo possível, leia todos os títulos, ou pelo menos os primeiros na sequência, deixando o resto como material de consulta.

A internet e a concorrência desleal

A internet se tornou o mais importante meio de comunicação e informação de todos os tempos e está ligada à toda nossa vida - do lazer, educação, saúde, ao trabalho. Ela trouxe coisas maravilhosas para quase todos, até mesmo para pessoas que mal sabem ler, ou que possuem alguma deficiência. A internet trouxe recursos, facilidades, entretenimentos fantásticos, mas em contrapartida também trouxe muita coisa ruim, muitos males que atingem a todos direta e indiretamente, mesmo os que não a utilizam diretamente. Continue lendo

Caráter, honestidade e ética são absolutos ou relativos?

Todos nós por ingenuidade, falta de sensatez, conhecimento, maturidade, entre outros, cometemos muitos erros ao classificarmos outras pessoas quanto a comportamento, forma de ser e ou agir, especialmente quanto a caráter, honestidade, integridade e moral. Mas será que cada pessoa é 100% honesta ou 100% desonesta? Caráter, honestidade, ética, seriedade, sinceridade, justiça, moralidade, integridade entre outros, são absolutos ou relativos? Continue lendo

Obsolescência programada – um dos jogos mais sujos contra consumidores

Obsolescência programada, ou planejada como é conhecida por muitos, é um dos jogos mais sujos da indústria para com os consumidores, e seu objetivo é basicamente forçar vendas para manter os contínuos e crescentes gordos lucros de gananciosos empresários, acionistas e investidores. São cinco os tipos básicos de obsolescência planejada: a relacionada à resistência / durabilidade dos produtos; a ligada a estética / moda (modismos); a relacionada a suprimentos e peças de reposição; a relacionada a trocas de padrões / incompatibilidades e a gerada através de algoritmos / programas, gatilhos eletrônicos. Continue lendo
Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page