Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

DJ e produtor musical – duas atividades muito distintas

DJ e produtor musical - duas atividades muito distintas

Diferenças, particularidades e habilidades da arte de administrar um repertório, ministrar músicas e de manipular um público / evento – especialidade dos DJs – e da arte de se criar músicas e ou remixes – especialidade dos produtores e ou remixers.

Ao contrário do que muitos imaginam, inclusive “profissionais experientes” direto e indiretamente ligados a estas especialidades, DJs e produtores musicais são duas atividades extremamente distintas. Para entender melhor, seria basicamente como piloto de aeronave e mecânico, cirurgião e anestesista, neurocirurgião e cirurgião cardíaco, dentre várias outras especialidades / atividades que são próximas, de uma mesma área, mas com grandes particularidades técnicas. Muitas especialidades no universo da música têm algumas coisas em comum, e a principal é a própria música. Porém, o fato é que a grande maioria das ferramentas, técnicas, conceitos e habilidades mentais, sensoriais e físicas necessárias a algumas atividades são completamente diferentes, distintas. Há uma grande diferença entre administrar, comandar, dirigir, ler, interpretar o comportamento / reação de um evento / público, animar pistas / eventos – especialidade dos DJs – e produzir músicas, criar / moldar elementos e posicioná-los adequadamente com habilidade, técnica e criatividade – especialidade dos produtores musicais. Dentre várias particularidades, os tipos de percepções sensoriais e / ou a forma de utilizá-la pelos DJs e pelos produtores quanto a música e público, são completamente diferentes. Obviamente que algumas habilidades, “visões” (forma de enxergar), sensibilidades e percepções são as mesmas e ou muito próximas, e é óbvio também que se bem trabalhadas, individualmente uma atividade complementa a outra. Ambas as especialidades em suas essências / moldes originais são atividades extremamente fantásticas, onde hoje, uma não sobrevive sem a outra, mas a verdade é que cada uma tem suas particularidades e diferenças significantes, porém com o treinamento e dedicação adequada, como disse acima, uma especialidade pode completar a outra. Infelizmente não é o que ocorre. Atualmente ambas estão perdendo de forma expressiva suas essências, personalidades, identidades reais, e infelizmente, como consequência, a qualidade. Devido a alguns mitos e falsos conceitos gerados e disseminados por alguns, principalmente “profissionais” técnico e ou profissionalmente imaturos, por jornalistas e blogueiros igualmente imaturos, em mídias (revistas, jornais, rádios, TVs, sites, blogs e fóruns) “especializadas” e não especializadas sensacionalistas, para entrar no mercado e ou se manter nele, muitos DJs estão se tornado produtores e produtores se tornando DJs porém, pouquíssimos conseguem ser bons de verdade em ambas as atividades.
Na realidade devido a falta de foco, direcionamento e preparo adequado, a grande maioria dos que atuam em ambas as especialidades, acabam atuando mau nas duas, inclusive muitos renomados que só atingiram certo status, ou seja, se tornaram famosos, devido a publicidade, formação de panelinhas, politicagem, tráfico de influência, mídias sensacionalistas, apadrinhamentos permanentes, entre outros, e não devido a serem bons de verdade; serem técnica e profissionalmente maduros; devido ao potencial e qualidade real que ele e seu trabalho deveriam ter. Para facilitar a compreensão, em outras palavras, há alguns anos se tem muito DJ que dá uma de produtor e muito produtor que dá uma de DJs, muitos devido a distorção da arte DJ pela mídia, sem se prepararem adequadamente para atuar em ambas as especialidades. Está na hora de muitos acordarem, focarem, direcionarem-se melhor, se dedicarem mais, de se especializarem e dominarem ao máximo uma especialidade para depois partir para outra.
Para finalizar esta primeira parte, gostaria de dizer também que, baseado em fatos, remixer e produtor musical também são duas atividades diferentes. Apesar de serem especialidades tecnicamente muito próximas, há algumas pequenas, mas significantes particularidades. Dependendo do nível do remixer, pode ser um aprendiz de produção musical ou um produtor completo. Seguindo a lógica e fatos de décadas, tecnicamente todo produtor pode ser remixer, mas nem todo remixer tem conhecimento, habilidade, preparo e maturidade técnica para ser classificado como um produtor musical.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page