Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Fatores dentro e fora do universo DJ que geram perdas auditivas

Situações, hábitos, atividades, doenças e outros fatores dentro e fora do universo dos DJs e da música, que contribuem para a diminuição e até levam a perda total da audição mais rapidamente.

Situações e hábitos que contribuem para a diminuição e até levam a perda total da audição mais rapidamente

Muitos hábitos como ouvir música, assistir TV durante muito tempo e frequentemente com o volume acima do ideal, contribuem para o desgaste auditivo e levam a perda de sensibilidade de algumas frequências mais cedo. Além disso, não nos damos conta, mas a grande maioria de nós, passa o dia com os ouvidos expostos a diversos tipos de sons, alguns mais intensos / “altos”, mais agudos, mais prejudiciais, e outros menos. Muitos destes são poluições sonoras desnecessárias e desagradáveis que estão contribuindo para diminuição de nossa sensibilidade auditiva mais rapidamente.
Em outras palavras a soma do tempo de exposição dos ouvidos a sons de vários tipos durante todo o dia – de música, TV, trânsito, barulhos cotidianos na rua (poluição sonora) e quaisquer outros sons naturais ou provocados, contribuem para a perda parcial ou total da audição mais rapidamente. Os especialistas recomendam que, quanto mais “alto” / intenso for o som, menor o tempo que deve se expor. Existe até uma tabela desenvolvida por especialistas, que infelizmente a grande maioria não se submeteria, mas que ajudaria a manter a saúde auditiva por muito mais tempo. Para os mais preocupados e ou interessados no assunto, esta tabela pode ser encontrada em vários sites na internet se desejar clique no Bing, Google, ou Yahoo que será aberta a página já com a pesquisa. Escolhi uma das tabelas mais interessantes e detalhada da internet. clique no link para visitá-la ( http://telecom.inescn.pt/research/audio/cienciaviva/defesa_aaudicao.html ). Além da tabela, nesta página poderá saber mais sobre audição.

Atividades que contribuem para perdas auditivas mais rápidas

No universo da música, DJ é uma das atividades que mais prejudicam a audição. Na maioria dos casos de hoje em dia, por falta de bom senso e coerência, e não devido à necessidade. A situação piora ainda mais nos DJs que atuam em várias especialidades da atividade, como produção musical e ou instrutor. No caso dos DJs que atuam como instrutores desta arte e promovem o monitoramento adequado dos alunos, mas que não tomam as devidas precauções e não se protegem apropriadamente, os riscos e danos a audição são muito elevados, pois, o monitoramento adequado de cada aluno durante o processo de desenvolvimento das principais habilidades é muito longo e gera grande stress da audição. Quanto mais tempo se expõe maior e mais rápidas são as perdas auditivas. Mais uma vez, sendo redundante, em outras palavras, ministrar cursos de DJ com o monitoramento / acompanhamento adequado, mas com volume acima do recomendado e sem proteção ideal, eleva consideravelmente os riscos de perda auditiva devido ao tempo de exposição diário à intensidades acima do recomendado.
Alguns DJs que atuam em várias especialidades (DJ, produtor musical e instrutor) chegam a trabalhar mais de 80 horas semanais com volumes acima do recomendado. Sem falar em algum momento que tira para assistir um filme, na poluição sonora submetida no dia a dia no trânsito e outros. Muitos não descasam o ouvido nem na hora de dormir pois moram em locais ruidosos e ou dormem ouvindo música. A maioria dos DJs já tem problemas auditivos e não sabe pois nunca fizeram exames preventivos. Muitos só descobrem quanto já é tarde. Não só no universo da música, mas em várias outras atividades onde diversos tipos de profissionais trabalham em ambientes ruidosos, como operadores de alguns tipos de máquinas barulhentas, garçons e outros trabalhadores de boates / clubs, em aeroportos e vários outros locais, o uso de protetores auditivos deveria ser imprescindível. Porém a maioria o não utiliza, sem perceber que vão pagar um alto preço no futuro com a perda parcial ou total da audição, principalmente os apaixonados por música.

Outros fatores que podem levar a perda de audição

Além dos fatores, situações e atividades já citados, saiba que mergulhar e voar são algumas das atividades que também podem provocar danos à audição, e que podem atrapalhar a atuação como DJ, produtor musical, músico e outros tipos de atividades que trabalham utilizando a audição como uma das principais ferramentas. Para proteger a audição nestes casos o ideal é que se use protetores recomendados para a atividade. Além da poluição sonora, música alta e da prática de algumas atividades sem proteção auditiva, alguns tipos de doenças como o diabetes também pode provocar perdas auditivas e até levar a surdez.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.