Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Aprender a ensinar

A falta de preparo da maioria dos que atuam como instrutores e alguns dos principais quesitos para ser / se tornar um verdadeiro instrutor, professor, treinador e ou palestrante.

professor_intrutor_treinador_djEm diversas atividades, de músico, produtor musical, DJ, a médico, engenheiro, advogado, mesmo com doutorado, muitos profissionais sem o conhecimento, habilidades e preparo apropriados quanto a ensino, treinamento e desenvolvimento de habilidades, passam a atuar como instrutores. Porém, mesmo sendo muito bons em suas atividades / especialidades é necessário se preparar adequadamente para ministrar cursos. Para ser um professor, instrutor e ou um treinador realmente bom, um verdadeiro especialista em treinamento em uma atividade e tirar o máximo de seus alunos, é preciso conhecer, adquirir e aperfeiçoar algumas habilidades mentais e sensoriais ligadas a ensino, treinamento e desenvolvimento de habilidades; adquirir e dominar pelo menos técnicas didáticas básicas essenciais, ou seja, aprender o que, como, porque, de que forma e quando ensinar. É preciso conhecer um pouco de psicologia / comportamento humano quanto a diversos fatores, entre eles: sexo, idade, nível cultural e intelectual em relação a ensino e aprendizado, dentre várias outros. Tem que ter um bom equilíbrio / relação entre técnica, cultura e quanto ao emocional.
Para atuar como instrutor o candidato / aspirante tem que ter muita maturidade técnica, bom senso, coerência e muito mais. Não basta apenas dominar a atividade e da noite para o dia começar a ministrar cursos, palestras e workshops. Em outras palavras, para ser um verdadeiro instrutor, bem preparado, além de gostar muito da atividade (para ser gratificante ao invés de “doloroso”), é necessário se dedicar, estudar muito, ter muito conhecimento e habilidades especiais ligadas a ensino e treinamento.
Sem os conhecimentos e habilidades citadas, o “instrutor” / “professor” / “treinador”, “palestrante” gerará e disseminará falsos conceitos, ideias antiquadas e até preconceitos, e ao invés de maximizar o aprendizado do aspirante, o retardará expressivamente. Com isso, estará colocando seu nome em risco e comprometendo sua credibilidade e reputação perante todo o mercado, inclusive perante aliados, parceiros e apoiadores.

Professores, instrutores e ou treinadores mau preparados, sem o conhecimento e habilidades essenciais ligadas a ensino, treinamento e desenvolvimento de habilidades são responsáveis por parte significante da queda de qualidade e da prostituição de um mercado, perdendo apenas para publicitários, mídias e jornalistas sensacionalistas e ou imaturos, incoerentes e inconsequentes. Estes, intencionalmente ou inconscientemente desrespeitam todo um mercado, ou melhor dizendo, todo um universo artístico, profissional e comercial.
Em qualquer atividade / profissão existem duas maneiras básicas para se tornar um professor, instrutor e ou treinador realmente bom. A primeira maneira, se for em uma área / atividade / especialidade ainda nova, sem materiais técnicos coerentes, fundamentados, o caminho será mais longo, difícil e certamente mais demorado. Para se tornar um verdadeiro especialista em treinamento nesta atividade e atuar de forma adequada, deverá se tornar primeiramente um estudioso, pesquisador e promover estudos, pesquisas, investigações e análises sérias e imparciais de vários assuntos direto e indiretamente ligados ao que irá ministrar, com uma ótica mais técnica, racional e lógica por vários ângulos e níveis de profundidade. Mas isto não será suficiente. Deverá fazer o mesmo também, porém ligados a didática, técnica de ensino, treinamento e desenvolvimento de habilidades. Estes estudos e análises devem ser feitos tanto em laboratório quanto em campo e o correto é que sejam feitos previamente, ou seja antes de começar a atuar como instrutor, professor, treinador e ou palestrante. Para completar, utilizando os conhecimentos e habilidades adquiridas deve se desenvolver um bom material didático para o curso. Deve desenvolver, de apostila / material didático, roteiros das aulas teóricas e práticas, às técnicas, exercícios, processos de ensino e treinamento, desenvolvimento de habilidades e também de avaliação.
professor_intrutor_treinador_dj3A outra forma de se tornar um bom instrutor, a mais curta, rápida e relativamente mais barata, é fazendo um bom curso de especialização com quem já se tornou um estudioso e promoveu os estudos, as pesquisas e as análises citadas anteriormente, e com isso se tornou um mestre, um verdadeiro especialista em treinamento.
Ensinar, desenvolver, moldar, lapidar e aperfeiçoar habilidades são artes maravilhosas, prazerosas e relativamente difíceis, mas que qualquer um, com dedicação, disciplina, esforço, maturidade, dentre outros, pode aprender.
Infelizmente a grande maioria dos que atuam na área de ensino e treinamento no Brasil, inclusive a maioria dos que se formaram para isso, como os professores que atuam no ensino fundamental e médio de escolas públicas e privadas / particulares e profissionais com doutorado que ministram cursos em universidades, não têm preparo, conhecimento, habilidades e ou maturidade técnica e profissional para trabalhar, gerar e desenvolver de forma inteligente, adequada e rápida, conhecimentos e habilidades em aspirantes. Por isso, infelizmente, a grande maioria dos atuais profissionais de muitas áreas são igualmente despreparados e técnica e profissionalmente imaturos. Assim como muitas outras coisas, o ensino, o treinamento e a educação neste pais podem ser muito melhores do que são, se utilizados os recursos e técnicas relativamente simples e baratos.

Considerações dos autores

Desenvolvemos este artigo após anos de estudos, pesquisas e análises sérias de diversos tipos, de vários assuntos / temas direta e indiretamente ligados ao que ensinamos, e também direto e indiretamente ligados a ensino, aprendizado, treinamento e desenvolvimento de habilidades, por vários ângulos e níveis de profundidade. Para nos especializarmos em treinamento da arte e ciência DJ, observamos também vários instrutores de várias áreas, adquirindo assim, conhecimentos e habilidades razoáveis sobre ensino, aprendizado, treinamento e desenvolvimento de habilidades. Há algum tempo vínhamos relutando para publicar este material pois poderia soar anti-ético devido ao fato de termos um curso para formação de DJs, mas agora que encerramos as atividades do curso Xtreme DJ não vemos problema em contribuir através desta humilde “crítica”, para ajudar a acordar, e consequentemente a melhorar a qualidade, desempenho e eficiência do ensino, treinamento, dos curso e dos instrutores de várias atividades deste pais, que por um lado é muito rico e inteligente, e por outro é pobre e burro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page