Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Placas de som (básico)

 Artigo da série: Softwares profissionais para DJs, publicada em 2002

Entender pelo menos um básico de Placas de som ( soundcards ) é de fundamental importância para aqueles que pretendem usar o computador como sistema de mixagem e produção, mas falaremos aqui somente relacionado a softwares de mixagem para DJs. Em outra oportunidade falaremos sobre placas de som relacionadas a edição e produção musical e seu funcionamento técnico.
Existem diversos tipos de placas de som ( soundcards ) – das mais baratas, de baixa qualidade de menos de US $20,00 até sistemas de gravação e reprodução para estúdios acima de US$ 1.000,00. Para programas de mixagem profissionais para DJ não é necessário investir em sistemas muito caros, mas também não pode ser placa muito barata de baixíssima qualidade. Muitas placas de som entre US$ 50,00 e US$ 300,00 satisfazem plenamente, algumas com muito mais recursos que o necessário, mas que podem ser aproveitadas em produção musical.

DS2416card-big

1010_lrg

delta66_lrg

 

 

 

 

 

 

 

ex7_closeup_port

 

 

 

Audigy2_Drive_Topview_right

Audigy2_Card

 

 

 

 

audigy_ex_drive

 

 

 

 

 

 

A maioria das placas on board devem ser evitadas, principalmente de placas mães baratas e com processadores de baixa velocidade devido ao baixo desempenho apresentado por muitos destes sistemas. Para programas de mixagem o ideal é que se use placas com multi saídas “line” via hardware (não emuladas) de fabricantes e distribuidores como Midiman, Audiotrak, Emagic entre outros. As placas multi line são um pouco mais caras, mas visando custo benefício existem outras opções. Uma delas é utilizar placas populares, que para a tarefa a que se destina não deixam nada a dever, tem custo menor, além de alguns modelos também disponibilizarem vários recursos interessantes, e como dissemos, poderão ser usadas por DJ para produção.

Melhores opções

Entre as opções, citaremos duas: a primeira seria utilizar uma placa que possua multi saídas estéreis destinadas a surround (multi caixas “front/rear”) e que alguns programas de mixagem permitem usar cada saída “front” e “rear” como line independente, ou seja, transforma uma placa surround em uma placa multi line de até 03 lines estéreis. Das placas testadas, fáceis de serem encontradas no mercado nacional, em alguns softwares para mixagem utilizando as saídas front e hear como line independentes, as que se saíram melhor foram as da Creative Labs SB Live e Audigy, apresentando excelente qualidade de áudio em alguns dos programas.

Nos dois gráficos abaixo, exemplificamos de duas formas, a “A” menos profissional com o mixer virtual do programa e “B” mais profissional e confortável usando um mixer físico/real.

Placas de Som

Outra opção seria utilizar duas placas só que de fabricantes diferentes, pois placas de um mesmo modelo e/ou fabricante, devido a limitações em seus drivers, possui o inconveniente de não permitir o uso de múltiplas placas no mesmo sistema ( computador ). É bom saber que placas de marca e/ou modelo diferentes apresentam diferenças na sonoridade. Algumas são mais agudas ou graves que outras e tem diferença de volume, mas nada que não possa ser aproximado utilizando seus mixers virtuais, ficando assim quase imperceptível, principalmente para 90% dos humanos que não sabem utilizar seus sentidos.

placa_som_ligacoes04

Em nosso laboratório já colocamos até 05 placas de som em uma mesma máquina, após diversos artifícios técnicos de configuração, mas sem problemas e instabilidade de sistema, sendo uma SBlive, uma Yamaha, uma Santacruz, uma SB128 com driver próprio da Creative e outra SB 128 de outro modelo com driver do sistema operacional. Hoje trabalhamos com duas placas na mesma máquina. Caso tenha dúvidas para montar seu sistema consulte um técnico experiente e que tenha pelo menos conhecimentos básicos de áudio. Muito cuidado pois muitos não estão capacitados para este tipo de montagem e configuração e alguns até dizem não ser possível.
Quando possível faremos matéria mais detalhada somente sobre placas de som.

Para saber mais sobre configuração, veja o manual em português desenvolvido por nós, do PCDJ.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page