Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Psicologia e comportamento humano no universo DJ

Os DJs e o comportamento de públicoNa década de 80 muitos DJs falavam sobre comportamento humano, mas a grande maioria não aplicava nenhum ou apenas pouquíssimos conceitos e técnicas de avaliação do comportamento de público para o “manipular” de forma adequada. Agora a coisa é muito pior. A grande maioria nem fala neste assunto. Simplesmente se escora em falsos conceitos. Um dos mais importantes conjuntos de habilidades dos DJs em sua essência / molde original é justamente saber ler, analisar e interpretar o comportamento do público / eventos. Outro conjunto de habilidades importantes diretamente ligada a anterior é a de ler / analisar músicas quanto a estrutura, sonoridade e principalmente quanto a “personalidade” e a reação que cada uma pode provocar no público / evento. Com os dados / informações coletadas, ou seja, com o conhecimento adquirido, o DJ traçava e ou mudava sua estratégia de acordo com uma série de variáveis e fatores ligados ao perfil e mudança de comportamento de determinado público. Os verdadeiramente habilidosos promoviam mudanças de improviso, porém, era um improviso técnico, baseado em profundos conhecimentos e habilidades. Justamente devido a esta habilidade a verdadeira atividade DJ é uma arte / ciência de “improviso”, pois cada música é escolhida de acordo o tipo de evento, momento (muitas vezes imprevisíveis), situação; comportamento e reação do público; objetivo do DJ no evento, dentre outros fatores e variáveis.

O_DJ_a_musica_e_o_controle_manipulacao_de_publico_3B

Infelizmente o verdadeiro DJ está morrendo, pois ao invés de os aspirantes e novatos estarem aperfeiçoando as técnicas e conceitos, tanto clássicas fundamentais quanto as modernas, estão simplesmente esquecendo, abandonando as técnicas e conceitos base, essenciais, fundamentais e se escorando apenas em recursos e facilidades tecnológicas. A grande maioria dos atuais “DJs” renomados, tanto os novos quanto muitos dos veteranos que se acomodaram / relaxaram, estão “pensando” apenas em números e gráficos, e preocupados apenas em fazer mixagens / misturas / transições precisas, impecáveis. O lado positivo é que quem aprender, dominar e aplicar técnicas e conceitos de psicologia / comportamento humano, aprende a ler e entender a “personalidade” musical para administrar melhor suas músicas, repertórios e sets de acordo com o público / evento, aliado às novas técnicas, recursos e ferramentas tecnológicas, terá um enorme diferencial, muito mais possibilidades de superar a grande maioria e estar entre os pouquíssimos verdadeiramente melhores, bons de verdade.
Para finalizar, gostaria de dizer que existem DJs realmente bons, seguindo o perfil citado, mas infelizmente são pouquíssimos em todo o mundo; posso dizer que menos de 1% – ou seja, está praticamente em extinção. Infelizmente a grande maioria dos famosos não têm conhecimentos e habilidades reais; simplesmente são fenômenos publicitários fabricados pela mídia; uma publicidade enganosa. Hoje, utilizando vários tipos de moeda de troca, entre elas o sexo, drogas, favores profissionais, dentre vários outros, qualquer um sem ter o preparo e as habilidades adequadas pode se tornar um fenômeno comercial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page