Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Assim como músico, qualquer um pode ser DJ

Assim como músico, qualquer um pode ser DJ

Médico, ator, cantor, instrumentista, piloto, jornalista, segurança, engenheiro, gari, estudante, advogado, juiz, empresário, enfim, qualquer um que realmente goste de música, da atividade / arte DJ, e que se dedique, tenha bom senso e coerência, pode se tornar DJ. Seja com fins comerciais / lucrativos, por profissão / dinheiro (profissional) ou como “amador“, por hobby, diversão, prazer, auto satisfação e ou como exercício mental. Para isso, basta, como disse acima, gostar, querer e se dedicar. DJ é uma arte com finalidade de gerar prazer e que não traz riscos à saúde, assim como desenhar, pintar, cantar, tocar um instrumento, dentre outras.

Muitos DJs, inclusive renomados tecnicamente imaturos, sem conhecimento e preparo real, principalmente quanto a aprendizado e desenvolvimento de habilidades, falam um monte de bobagens, geram e ou disseminam mitos, falsos conceitos e ideias antiquadas quanto a ser DJ e quanto ao tempo necessário para se preparar, adquirir conhecimento e principais habilidades, e dominar as principais técnicas. Porém com o treinamento adequado, exercícios, técnicas e conceitos bem ministrados, monitorados, dirigidos e com uma boa dose de dedicação, disciplina, bom senso, coerência e maturidade, quase qualquer um pode aprender e desenvolver as habilidades para se tornar um DJ tecnicamente bom de verdade em muito pouco tempo.

Não há mal algum em brincar, “dar uma de DJ” durante alguns minutos, sem fins lucrativos, apenas por pura diversão, mesmo que em um grande evento. Porém obviamente, não saberá controlar as músicas e principalmente o evento / pista / comportamento do público como um DJ verdadeiramente bem preparado, no seu molde / fórmula original, que teve um treinamento adequado, seja ele profissional ou amador. É bom dizer que quanto à manipulação / controle de público / evento muitos DJs profissionais renomados também não têm as habilidades necessárias para isso. Sabem no máximo fazer mixagens bem elaboradas, ensaiadas, dominam os equipamentos e possuem algumas músicas, normalmente de estrutura fácil.

Hoje a grande maioria dos DJs que atuam comercialmente, inclusive a maioria dos renomados de diferentes especialidades e portes, são técnica e profissionalmente imaturos, devido principalmente a forma como aprenderam, ao treinamento base / inicial. Muitos se baseiam / se escoram em mitos, falsos conceitos, ideias antiquadas e paradigmas. Muitos destes só são famosos devido a investimentos em publicidades, a apadrinhamento e troca de favores, ou seja, métodos não ortodoxos, e ou devido a forma que muitas mídias (revistas, jornais, TVs, rádios e sites), jornalistas e blogueiros sensacionalistas falam sobre estes, e não por serem realmente bons, bem preparados. Por isso sempre digo que quem se dedicar, se entregar de verdade, tiver disciplina, dedicação e se preparar de forma adequada, pode superar fácil a grande maioria rapidamente. Em outras palavras, muitos só brincam de DJ, sem compromisso, nem mesmo sabem mixar, não têm nem as habilidades básicas de um DJ. Mas isso não é o problema. O problema são os muitos que atuam comercialmente acreditando que são DJs, sem ter se preparado adequadamente, sem ter adquirido / desenvolvido os conhecimentos e habilidades mínimas necessárias dos verdadeiros DJs em sua essência original e se escoram em publicidades e trocas de favores para se destacar, somando-se aos muitos renomados nas mesmas condições, ou seja, sem o preparo real adequado que também entraram no mercado e se mantém nele da mesma forma que aventureiros e ou oportunistas, se escorando em publicidades e troca de favores. O pior é a falta de preparo, maturidade técnica, visão comercial da maioria dos promoters, produtores de eventos e empresários que contratam estas pessoas.

Se for só por brincadeira, então divirta-se! Mas se gostou e quer ser DJ de verdade, então invista, dedique-se, busque o treinamento adequado para não perder mais tempo que o necessário no processo de aprendizado e de desenvolvimento das habilidades essenciais / fundamentais dos DJs, e para amadurecer técnica e profissionalmente muito mais rápido, com muito mais conhecimento e habilidade. Lembre-se sempre: ser DJ é divertido, mas tem que levar a sério. Lembre-se também que ser bom e ser famoso são duas coisas completamente diferentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page