Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

No universo DJ ser bom e ser famoso são duas coisas diferentes

Todos os famosos são bons de verdade? Todos os “anônimos” não são bons?
Qual a forma mais fácil de entrar e se manter em qualquer mercado?

Antes de começar, quero dizer que a fama é relativa. Uma pessoa, produto ou empresa pode ser muito famosa em um lugar, “tribo” ou cultura e ninguém o conhecer em outras, nunca ter sequer ouvido falar. Isso é muito comum no mercado da arte, música, cinema, pintura, gastronomia, e claro, no mercado DJ.
Na produção musical e DJs, ser bom e ser famoso são duas coisas diferentesExistem várias formas de se tornar famoso e bom de verdade e na maioria dos casos ser bom e ser famoso não andam juntos, não são “sinônimos”. Em outras palavras, nem tudo que é famoso é bom de verdade e vice versa, ou seja, nem tudo que é bom é famoso. Fama está mais ligada à mídia, divulgação / publicidade e estratégia geral de marketing. Já ser bom, está ligado à dedicação, disciplina, treinamento, preparo, conhecimento, aptidão, habilidade e outros. Em todas as atividades / áreas comerciais / profissionais são vários os fatores que fazem muitos que não são bons de verdade se tornarem famosos e vice versa, ou seja, bons de verdade não se tornarem famosos.
Em todas as atividades existem profissionais que se tornaram renomados merecidamente, devido a terem se dedicado e investido em uma boa preparação e condicionamento até se tornarem bom de verdade e consequentemente executarem um trabalho de alta qualidade e eficiência. Por serem bons de verdade, alguns destes são descobertos e ficam famosos ao acaso, outros correm atrás, buscam se vender, até conseguir uma oportunidade para mostrar seu trabalho e se projetar, oportunidade esta cavada de forma séria, limpa, sem puxa-saquismo, trapaças, jogo sujo, troca de favores e / ou falsas amizades.

Alguns dos principais motivos de bons não se destacarem e não se tornarem famosos

Muitos acham que todo bom é famoso e vice versa, porém muitos bons de verdade não têm interesse em se tornarem famosos ou renomados em uma atividade, por não terem interesses comerciais. Praticam a atividade apenas por diversão, prazer, auto satisfação, por já terem outra fonte de renda, atividade comercial ou profissão. Alguns bons de verdade, financeiramente bem posicionados, que buscam ficar famosos, muitas vezes o fazem apenas por diversão, mas também há os que o fazem por diversão e ganância.
Por não saber se vender ou ficar esperando a sorte bater a sua porta, alguns bons de verdade não conseguem se destacar / ficar famosos / tornarem-se renomados. Alguns nem chegam a entrar no mercado, porque se limitam devido a diversos fatores, como por exemplo, relacionamentos conjugais. Em alguns estudos e análises percebi que muitos DJs bons de verdade após terem filhos e / ou assumirem relacionamentos conjugais, têm quedas expressivas em seu desempenho. Na arte da produção musical e dos DJs, ser bom e ser famoso são duas coisas diferentesAlguns saíram parcialmente outros totalmente do mercado. Muitos em ascensão recuaram pelos mesmos motivos. Alguns bons de verdade não saem para se vender e não se tornam famosos por falta de verbas, investimentos em ferramentas e / ou produtos caros que geram status, devido ao falso conceito de que estes o farão ser “melhores vistos”, quando o fato é que sendo bom de verdade, mesmo com equipamentos / produtos simples, irão se destacar até mesmo dos que possuem estes status, mas não o potencial real.
Algumas especialidades de DJs sobressaem mais que outras. Com isso, muitos DJs excelentes, com altíssimo conhecimento, habilidade, domínio musical e de público não se destacam na mídia. Por exemplo, existem grandes DJs especializados em eventos como casamentos, aniversários e vários outros tipos de eventos temáticos, tecnicamente muito melhores do que muitos famosos especializados em música eletrônica, mas que não são famosos por não serem levados em consideração. Além disso, existem também DJs que são famosos em uma vertente, em uma região, e desconhecidos em outras. Como já disse, a fama é relativa e está mais ligada a mídia, divulgação / publicidade do que ao conhecimento, aptidão, preparo e habilidade.
Além dos já citados, muitos bons de verdade não ficam famosos por excesso de perfeccionismo. Nunca acham que estão prontos, e com isso, muitos com preparo e conhecimentos reais não são vistos, acabam não tendo oportunidades, e pior, deixando que aventureiros e oportunistas despreparados, muitas vezes usando suas ideias e conceitos mesmo sem conhecê-las de verdade e sem saber aplicá-las corretamente, cheguem primeiro e assumam o lugar que deveria ser seu. Além disso, ainda há os que são técnicos e culturalmente bons, mas têm medo de errar, medo de se apresentar em público, por timidez, baixa estima, insegurança e etc.

Os famosos sem conhecimento, habilidades e preparo reais

Infelizmente, ao contrário das situações citadas, muitos hoje sem o preparo, conhecimento e maturidade técnica profissional mínima adequada / necessária, por ansiedade, ganância ou mesmo por inocência e falta de malícia, entram no mercado e se tornam famosos / renomados prematuramente, apenas se escorando em publicidade, lábia, sendo oportunistas e / ou aventureiros, o popularmente conhecido como “cara de pau”. Ser bom e ser famoso são duas coisas diferentesMuitos sem o condicionamento mínimo adequado se destacam por formação de panelinhas, grupos de “amigos”, puxando o saco de muitos, daqui e dali, por cavar oportunidades sem ter o condicionamento mínimo necessário. Muitos ficam famosos devido a outros “profissionais” igualmente sem preparo e maturidade que geram oportunidades, devido a boa publicidade, muitas vezes propaganda enganosa, devido a mídias “especializadas” e / ou não especializadas, porém sensacionalistas e ou tecnicamente imaturas. Há ainda os que, além dos fatores já citado, se projetam às custas de outros, copiando, plagiando ideias, técnicas e conceitos de pessoas realmente preparadas, que muitas vezes ainda nem as utilizou em seu trabalho para se projetar, se divulgar, por estar preocupado e investindo em aumentar ainda mais sua qualidade, eficiência e potencial para ser, ou continuar sendo bom de verdade e ter diferencial real em sua especialidade. A maioria das pessoas não sabe, mas hoje mais de 70% dos que atuam comercial / profissionalmente, ou seja, com fins lucrativos, em diversos mercados / áreas são aventureiros oportunistas fáceis de serem superados tecnicamente, através de um treinamento adequado.
Alguns bons de verdade buscam se divulgar, mas não se destacam por não saberem se vender, convencer; não terem padrinhos, “amizades”, não participarem de panelinhas, grupinhos e por não puxarem o saco de ninguém. Com isso, seu potencial acaba sendo desperdiçado enquanto aventureiros e / ou oportunistas sem pelo menos uma fração de seu potencial se posicionam bem no mercado. Assim, em alguns poucos casos, para serem reconhecidos, se destacarem e se tornarem famosos, alguns bons de verdade se veem obrigados a se misturar com aventureiros, participar de panelinhas e / ou utilizar outros métodos não muito limpos para buscar seu espaço.
A maioria dos oportunistas e aventureiros são tão despreparados, que se esquecem até de que é fácil para um analista, um crítico bem preparado, descobrir quem é famoso porque é bom de verdade ou quem é apenas um aventureiro oportunista comercial. Em muitas áreas existem estes especialistas, e mais cedo ou mais tarde, acabarão surgindo em áreas novas também, ainda imaturas, justamente para ajudá-las a amadurecer de forma adequada, separando o joio do trigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page