Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Comprando equipamentos e ou softwares quanto a sua técnica, necessidades e a qualidade do produto

A Comprando equipamentos e ou softwares / programas quanto a sua técnica, especialidade, necessidades e a qualidade do produto

Muitos acham que para ser um DJ  bom de verdade é necessário ter equipamento top de linha, o mais caro, porém isso é um grande equívoco. O segredo não está nos equipamentos, mas isso é outra história. Quanto aos equipamentos,  a realidade é que nem sempre o  modelo top de linha, tecnológico e ou o mais caro é o mais indicado a um tipo profissional. O equipamento deve ser comprado de acordo com a técnica, especialidade, necessidades e poder econômico do profissional. Antes de comprar deve conhecer, definir suas necessidades técnicas a curto, médio e longo prazo. A partir deste ponto escolha alguns modelos para analisar diversos fatores técnicos e econômicos, entre eles, os recursos,  tecnologias, efeitos, a praticidade e conforto operacional  oferecido pelo equipamento desejado / escolhido (custo X necessidade X benefícios).    Na análise deve ser levado em conta principalmente a qualidade geral do produto  e do suporte técnico disponibilizado pela revenda / fabricante.
Um bom equipamento nem sempre é o mais caro ou com maior quantidade de recursos. Para se classificar um equipamento / produto como bom, devem ser levados em conta diversos aspectos citados acima dentre eles, ter qualidade, bom suporte, ser de fácil manutenção e ter conforto operacional.
Infelizmente alguns profissionais pouco habilidosos compram equipamentos mais caros, vistosos, apenas para impressionar o cliente, suprir sua falta de qualidade e experiência.  Se não é um profissional bom de verdade, pouco ou nada adiantará ter o mais caro, “o melhor” ou mais bonito dos equipamentos.

Vs.: 1.0(2009)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.