Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Classificação dos DJs quanto aos equipamentos e tecnologias

 

DJ_mixando_CD_Player_-_classificacao_das_especialidades_profissionais_dos_DJs_imagem_06– Clássicos: preferem e são fiéis aos toca-discos. Alguns são até radicalistas e totalmente contra a evolução tecnológica. Na maioria dos casos devido a mitos e falsos conceitos por falta de informações, estudos, pesquisas e análises, muitos já declararam publicamente em mídias especializadas para DJs (revistas) o pavor que têm por tecnologias que não seja o vinil (toca-discos / turntable), ainda que os equipamentos HiTech de hoje ofereçam a mesma forma de manipular a música, sensibilidade, precisão, confiabilidade e com qualidade superior aos toca-discos analógicos. DJ_mixando_Toca-Discos_Vinil_-_classificacao_das_especialidades_profissionais_dos_DJs_imagem_07
Muitos, após anos resistindo à modernidade, enxergaram seus prós e se renderam, passando a utilizar as novas tecnologias, mas ainda existem alguns que se seguram sendo tradicionalistas e lutando contra a evolução natural da tecnologia, como disse acima, na maioria dos casos devido a falsos conceitos, mitos, falta de conhecimento, estudos, pesquisas, análises e pela falta de maturidade técnica profissional.

– Modernistas: esta categoria de DJs está sempre buscando as novidades tecnológicas do mercado, procurando estar à frente e até reinventando a maneira de “tocar”.

– Práticos: devido à especialidade técnica, precisam e / ou preferem equipamentos de fácil portabilidade, pequenos, práticos, leves e simples de usar como os de equipe de sonorização (Mobile DJs).

– Indiferentes: para estes DJs tanto faz o equipamento. Não importa muito a marca, modelo ou tecnologia. Sabem “tocar” em qualquer um e tiram o máximo dos equipamentos disponíveis buscando compensar na música em um repertório / set / seqüência bem elaborado. Quando podem escolher, vão pelo que a maioria está usando, pelo top de linha e pelos mais maduros. Se tecnicamente bem preparados, escolhem o que mais tem a ver com sua especialidade.
DJ_Mixer_Efeito_-_classificacao_das_especialidades_profissionais_dos_DJs_imagem_08Para que não haja preconceitos quanto às classificações “práticos” e “indiferentes”, é bom lembrar que os bons de verdade podem até não gostar ou não querer, mas tecnicamente, sabem “tocar” qualquer ritmo ou estilo dentro das limitações de cada um. Na média os melhores são justamente os que começaram por baixo, construindo uma boa base de sustentação. Em uma analogia, seria como um motorista bom de verdade, que pilota desde um carro velho com folga de direção e pedais (embreagem e acelerador) mal regulados, a um daqueles que todo mundo sonha, com direção elétrica, freio ABS, suspensão inteligente, câmbio automático, controle de tração, controle de estabilidade, GPS, dentre outros recursos.

Conheça os principais equipamentos (mídias e tecnologias) para DJs (CD / MP3 Players, controladores (MIDI/USB), turntable / toca-discos, mixers e efeitos) em outros artigos do nosso site.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page