Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Ampliando a inteligência com programação e reprogramação mental

Qualquer pessoa normal, sem deficiência cerebral ou mental, pode programar e reprogramar seu cérebro, criar ou mudar algoritmos mentais de forma relativamente fácil / simples, e com isso aprender mais rápido, remover ou criar limitações e bloqueios. A programação e reprogramação do cérebro podem ser feitas de forma direta, objetivada, consciente, utilizando treinamento mental / prática mental / mentalização – maneira mais rápida e eficiente; e de forma indireta, inconscientemente, sem saber / perceber, através de práticas repetidas, no dia a dia – a forma mais usada pela grande maioria dos humanos.

A programação e reprogramação mental podem ser feitas também, e ainda mais fácil e rapidamente, através de hipnose (neste tipo de programação mental, quem tem o controle é o especialista em hipnose). Já através da autoprogramação objetivada, consciente, apesar de mais lenta e os resultados demorarem um pouco mais a surgir em comparação com a hipnose, o praticante tem mais controle sobre a situação; saberá / verá o que está fazendo. Todos os métodos têm seus prós e contras.

Através da programação mental pode-se fazer coisas fantásticas, dentre elas, fazer com que aprenda mais rapidamente, fazer gostar de coisas que não gostamos; assim como o oposto, fazer deixar de gostar do que gostamos. Com isso pode-se até largar vícios e passar a gostar de estudar no geral, ou mesmo apenas um ou mais assuntos que necessita, mas não gosta, e muito mais. Saber programar e reprogramar o cérebro / mente, pode ajudar a ampliar significativamente a inteligência e todo nosso potencial. Existe técnica, fórmula / receita para quase tudo.

Sabendo usar a programação e reprogramação mental e criar algoritmos, especialmente ligados ao processo de cognição, poderá aprender, dominar e desenvolver habilidades muito mais rapidamente e inclusive ser bom em atividades que muitos não acreditam serem capazes de dominar.

Programação e reprogramação mental pode parecer difícil, porém, é muito mais fácil do que a maioria imagina. Para criar um algoritmo mental, “um aplicativo/APP” mental, basta analisar por vários ângulos e ou repetir / exercitar / praticar mentalmente várias vezes aquilo que está buscando aprender e ou automatizar, focado / concentrado.

Quanto mais concentrado menor será a quantidade de exercícios (repetições) e o tempo necessário para assimilação mental, fixação do algoritmo e ou automação de tarefas mentais. Mitos, falsos conceitos, falsas verdades, ideias antiquadas, relativa preguiça (consciente e subconsciente), incultura entre outros dos ocidentais, e principalmente dos latino americanos quanto a aprendizado e desenvolvimento de habilidades, limitam muito, conhecer, acreditar, aprender e utilizar conceitos e técnicas eficientes que maximizam o potencial mental / inteligência.

A programação e reprogramação mental através da prática mental / exercícios mentais, há séculos é utilizada de forma quase direta / consciente, especialmente em país asiáticos, para aprender, desenvolver habilidades, dominar técnicas e procedimentos. Pode-se notar isso facilmente no modo clássico / tradicional não corrompido de ensino e treinamento de algumas artes marciais.

Na realidade, todos nós utilizamos o tempo todo a programação mental, porém de forma extremamente ineficiente por não conhecer, não ter ciência de como funciona, assim, não usando de forma consciente – que é expressivamente mais eficiente. As raríssimas vezes que alguém foca, se concentra em algo, está usando uma das mais importantes ferramentas da programação mental.

A neurociência “descobriu” a programação mental, “criou” exercícios e começou a aplicá-la de forma consciente, objetivada; de início experimentalmente em algumas áreas, especialmente militar e esportiva como na fórmula 1, onde comprovou sua extrema eficiência.

Após sua divulgação, exercícios vêm sendo aplicados em algumas outras áreas, mas infelizmente ainda de forma relativamente muito tímida. O ideal seria que fosse ensinado e trabalhado o mais cedo possível, inclusive através de brincadeira, na pré escola. Programação mental é relativamente fácil de se aprender e utilizar, porém é extremamente poderosa, podendo ser até perigosa como muitas outras coisas na vida se mal utilizada, mas tudo vai depender do direcionamento, assim como outras coisas que podem ser utilizadas tanto para o bem quanto para o mal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page

Quanto aos anúncios

Ao clicar no anúncio, possivelmente sairá de nossa página. Se pretende permanecer no artigo / site deve clicar no anúncio com o botão direito do mouse e selecionar abrir em nova aba / guia ou janela.

 

Atenção

Não nos responsabilizamos pela qualidade dos produtos e serviços anunciados. Os anúncios são selecionados e divulgados automaticamente pelo mecanismo do Google Adsence de acordo com sua navegação e vários outros fatores / critérios. Não temos nenhuma ligação com os fornecedores / prestadores de serviços.