Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Wagner Pereira

Sou Wagner Pereira, e tenho um grande vício: muita sede e fome de conhecimento. Sou apaixonado e já promovi estudos, pesquisas, investigações, observações e análises formais e informais por vários ângulos e níveis de profundidade de temas/atividades relacionados à: cérebro, inteligência, comportamento, aprendizado, treinamento e desenvolvimento de habilidades; música (quase todos os gêneros, ritmos e estilos); arte e ciência DJ; universo dos DJs e produtores musicais; artes marciais - em especial Tae Kwon Do, Kung-Fu e Capoeira; tecnologia em geral; aviação, vida/diversão “noturna” (clubs/boates). Além destes, também já promovi da mesma forma estudos relacionado a: Direito /Justiça; sensatez/insensatez técnica, profissional e comercial; jogo sujo no geral, jogo sujo contra clientes/consumidores; concorrência desleal e vários outros. Baseados no conhecimento e experiência fruto dos estudos citados, sou autor juntamente com Ana Carvalho (coautora) de diversos materiais ligados aos temas acima. Entre 1999 e 2013 registramos mais de 1.800 páginas. Além de aprender também adoro ensinar a quem realmente quer aprender e ser bom de verdade. Para saber mais sobre mim, meus trabalhos, obras, minhas fontes de conhecimento e outros, navegue nas páginas sobre mim em nosso site (O analista e crítico Wagner Pereira).

Não se preparar adequadamente e vender o que não pode entregar

Não se preparar adequadamente e vender o que não pode / não irá entregar pode se caracterizar concorrência desleal. Muitos investem mais em publicidade, estrutura do que em estudos, pesquisas, análises base e complementares e em desenvolvimento para criar produtos, serviços de qualidade e eficiência reais e ou para ter diferencial. A grande maioria prefere jogar sujo, investir em publicidade enganosa e ou vender o que não pode e ou não irá entregar. Continue lendo

Habilidades e talentos naturais e desenvolvidos através de treinamento

Habilidades, talentos a inteligência de um modo geral são desenvolvidos basicamente de duas formas: sem perceber, no dia a dia, subconscientemente e de forma consciente, intencional, orquestrada. Conhecer estas formas, contribui para ampliar significativamente seu potencial geral e de seus filhos. Quanto mais conhecer e quanto mais cedo começar a trabalhar, desenvolver e aperfeiçoar, melhor será. Continue lendo

Uso de títulos, certificações em muitos casos caracteriza jogo sujo

Uso de títulos / titularidades como “o melhor do mercado”, fundamentação técnica e sem transparência quanto à fonte do mesmo, é jogo sujo, concorrência desleal. Em muitos casos, os títulos não têm fundamentos técnicos baseados em estudos, análises, comparações sérias, justas e imparciais; com isso, não retratam a realidade, simplesmente vendem mentiras através de propaganda enganosa. Continue lendo

Formação de panelinhas, cartéis, grupos comerciais maliciosos

Muitos profissionais e ou empresários formam grupos, fazem parcerias, alianças, e em muitos casos denominam estes grupos de networks / grupos de contatos, porém não passam de grupos maliciosos, cartéis ou panelinhas de aventureiros oportunistas sem maturidade e preparo real, com objetivo de se tornarem fortes, poderosos e dominarem o mercado, prejudicando concorrentes realmente bons, bem preparados. Continue lendo

O uso de poder, força, para intimidar, reprimir concorrentes

Em uma concorrência desleal muitos fazem uso de algum tipo de poder, força, superioridade política, financeira, entre outras, para manipular, intimidar, limitar, reprimir concorrentes, normalmente, técnico e profissionalmente superiores porém ainda sem malícia / experiência comercial e ou seus parceiros, visando dominar ou manter o controle, domínio de um mercado / atividade. Continue lendo

Moedas, compras, vendas não ortodoxas, propina, se vender e lobby

Corromper, dar propina, “presentear”, comprar privilégios; gerar facilidades e se vender são alguns recursos, ferramentas, práticas da concorrência desleal. O lobby, outra prática da concorrência desleal, é normalmente utilizado por grandes empresas, mas muitos profissionais e microempresários também o utilizam. Continue lendo

Concorrência desleal parasitária (plágio, roubo de ideias e outros)

São diversos os tipos de concorrência parasitária - vai de plágio parcial, síntese a espionagem comercial para roubo e utilização de técnicas, conceitos e outros. Muitos de forma maliciosa, intencional ou por ingenuidade roubam ideias / propriedade intelectual e outros. Na internet esta prática é extremamente comum e a maioria não sabe que além de ser crime alguns tipos de plágio diminuem o desempenho tanto do site plagiado quanto do plagiador e que além disso, existem profissionais e ferramentas, mecanismos para procurar, detectar e até para punir plágio. Continue lendo

Difamar, distorcer características de produtos e ou serviços concorrentes

Visando desacreditar, descredibilizar, denegrir a imagem, reputação de concorrentes, deixando a entender serem piores, sem realmente serem, para se favorecerem, muitos profissionais, empresários e outros, normalmente de forma indireta através de revistas, jornais, tv e especialmente através da internet em uma concorrência desleal, difamam, distorcem fatos, características de atividades, especialidades profissionais, produtos, serviços, técnicas, tecnologias concorrente e outros. Continue lendo

Concorrência desleal dentro de empresas

Muitos funcionários, colegas, praticam concorrência desleal para se destacarem, serem reconhecidos, promovidos, crescerem dentro da empresa e as práticas mais comuns para isso são: puxar o saco de superiores; distorcer fatos, situações, exagerar pequenas gafes, fazer chacota (bullying profissional), denegrir imagem, minimizar a credibilidade de colegas; direcionar, atribuir a outros colegas seus erros, falhas, deficiências; ofuscar boas ideias, conceitos e trabalhos bem feitos, bem elaborados de outros colegas ou apresentar os mesmos e deixar a entender que é o autor, que são suas, as grandes ideias e trabalho bem feitos. Continue lendo

Concorrência desleal entre igrejas, líderes e até entre fiéis

Bispo, presbítero, pastores e outros elementos de muitas igrejas, para arrecadarem mais dízimo, terem mais lucro, objetivando obter ou manter a vida boa, luxo, jogam sujo contra fiéis e promovem concorrência desleal contra outras igrejas, pastores, bispos, presbíteros. Já os fiéis para obter vantagens, favorecimentos, puxam saco, bajulam pastores, bispos e outros. Continue lendo

Responsáveis pelo combate a concorrência suja contribuem com ela

Os que deveriam zelar, são os que mais prejudicam mercados. Muitos órgãos, instituições que são ou deveriam ser responsáveis pelo combate direto ou indireto da concorrência suja, por promover concorrência limpa, séria, ética, justa também promovem e contribuem com a concorrência desleal. Com isso são alguns dos principais responsáveis por seu crescimento e destruição causados por ela em atividades comerciais, profissionais e mercados. Continue lendo

Jogo sujo e concorrência desleal no direito e na Justiça

Sem hipocrisia, direito / Justiça é um universo como muitos outros comerciais, podre, corrupto, sujo, repleto de falcatruas, de cobra engolindo cobra. A quase totalidade dos advogados jogam sujo, promovem concorrência desleal; a grande maioria dos processos / ações têm jogo sujo, mentiras. Vale tudo para ganhar processos. O fato é que “advogado bom é advogado ruim / mau”, mentiroso, trapaceiro, ardiloso. A “justiça” é muito cara e só existe para quem pode comprá-la. “Ganhar processo” nem sempre caracteriza fazer justiça pois nem sempre quem ganha é o verdadeiro merecedor; na maioria dos casos, pelo contrário, se faz é injustiça. Além de jogo sujo que se classifica concorrência desleal, muitos advogados gananciosamente jogam muito sujo contra seus próprios clientes para lucrar o máximo que puder. Continue lendo

Jogo sujo e concorrência desleal na política

Devido a quantidade de jogo sujo e concorrência desleal, o universo da política é um excelente meio para se estudar estes males e suas consequências. São tantos jogos sujos, falsas verdades, safadezas e falcatruas neste universo, que se torna muito difícil perceber os possíveis raríssimos políticos que realmente são íntegros e têm boas intenções - se é que existe algum. Continue lendo

Jogo sujo e concorrência desleal de ONGs

A forma de captação de recursos e verbas das ONGs; o muitas vezes necessário contato com políticos, governantes e ou empresários, facilita, propicia em muitos apadrinhamentos políticos e empresariais, corrupção, jogo sujo e concorrência desleal direta e indireta. ONGs assim como muitas igrejas e outros órgãos não governamentais, que se dizem sem “fins lucrativos” podem ser muito lucrativas para alguns dos dirigentes, portanto, assim como pastores, bispos, padres e outros cargos de alto escalão de igrejas, alguns dirigentes de organizações não governamentais até ficam milionários em tempo relativamente curto às custas da instituição a qual governa. Continue lendo

O jogo sujo e concorrência desleal de cursos, escolas e universidades

A maioria das escolas, faculdades e outros cursos formais e “informais”, profissionalizantes e livres privados, jogam sujo contra seus clientes / alunos, promovem concorrência desleal e levam seus ex-alunos a fazerem o mesmo. Eles contribuem basicamente de duas maneiras com a concorrência desleal. Além disso a área de ensino e treinamento também é responsável pela baixa qualidade de produtos, serviços e por prostituição e saturação comercial. Continue lendo
Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page