Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Concorrências desleais, explícitas, sutis, maliciosas e inocentes

Artigo 6 da série: Jogo sujo e concorrência desleal

Práticas explícitas e sutis que caracterizam concorrência desleal

São muitos os tipos de práticas que caracterizam concorrência desleal; algumas bastante explícitas, fáceis de serem percebidas e outras extremamente sutis, de difícil percepção. Além disso, obviamente que existem as mais e as menos comumente utilizadas.
Mas em ambos os casos, ou seja, nas menores e nas mais perceptíveis e ou comuns, existem as mais e as menos fatais. Não existe um padrão quanto a ser sutil, menos usada e por isso ser menos fatal ou vice-versa.
Além de tudo isso, isoladamente, algumas podem passar despercebidas, mas mesmo as mais sutis quando acompanhadas de outras, se tornam mais perceptíveis. Como exemplo, a geração e ou disseminação de falsas verdades, mitos e preconceitos; não ter e não buscar preparo adequado e maturidade técnica necessária para atuar comercialmente; roubo de propriedade intelectual; fazer uso de politicagem, tráfico de influência, favorecimentos, troca de favores, propinas (presentes) entre outros, que em muitos casos são práticas muito sutis mas extremamente perigosas, que podem acabar com a reputação, credibilidade de uma atividade, mercado e até o levar a falência. Ja formação de grupos com objetivos maliciosos e propaganda enganosa são algumas práticas comuns, explícitas e extremamente perigosas.

Concorrência desleal proposital, maliciosa e ingênua sem intenção

Os inocentes e os culpados da concorrência desleal

A concorrência suja ou melhor, as práticas que caracterizam concorrência desleal podem ser aplicadas, utilizadas de forma consciente, objetivada, intencionalmente, por má fé ganância ou por incrível que pareça, subconscientemente, sem intenção, sem perceber, devido à ingenuidade, falta de malícia, maturidade profissional e ou comercial. E o mais incrível é que em muitas atividades e mercados, inicialmente, por parte da grande maioria, o uso de muitas práticas que caracterizam concorrência desleal não é de má intenção, proposital, mas sim subconsciente, devido à ingenuidade, falta de visão, maturidade profissional e ou comercial gerada por falsos conceitos, mitos, falsas verdades, ideias antiquadas; ignorância quanto a empreendedorismo, e tudo isso, por não promover estudos prévios base necessários para se entrar, se destacar e se manter em um negócio, mercado, atividade.
Dos que jogam sujo sem perceber, muitos, mais cedo ou mais tarde se tornam mais gananciosos e passam também a jogar sujo conscientemente por malícia. Dos que jogam sujo conscientemente, alguns, raríssimos anos mais tarde se arrependem, e passam a jogar limpo. Alguns destes dizem que nunca jogaram sujo, outros reconhecem que já promoveram concorrência desleal, mas sem má intenção, por não saberem que a prática que aplicavam se caracteriza concorrência desleal.
A maioria não assume pois obviamente não vai querer de forma alguma assumir que jogava sujo por malícia, nem por imaturidade, ingenuidade, pois neste último caso, reforçaria sua falta de preparo mínimo necessário. A maioria por ganância e ou medo de assumir, preferem correr o risco de ser desmascarado. Alguns pouquíssimos, simplesmente por medo de serem desmascarados, passam a jogar limpo, sem alarde o que é uma das melhores opções. Outra boa opção para alguns que estão prestes a serem desmascarados seria assumir que promovia concorrência seja por ingenuidade, mas que amadureceu, e com isso passou a jogar limpo. Neste caso vai doer menos do que ser desmascarado pelos seus concorrentes.

Outros artigos da série:
Jogo sujo e concorrência desleal


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos
Link to my Facebook Page
Link to my Rss Page
Link to my Youtube Page