Dicas, cursos, tutoriais, artigos, análises e críticas relacionadas a todo universo DJ

Uncreative place

www.uncreativeplace.com.br

Um espaço com visual e conteúdo jovem

Após alguns anos escrevendo como colaboradora para alguns blogs, Bianca Caroline, uma jovem estudante apaixonada por livros, filmes, séries, músicas e várias outras artes, resolveu criar seu próprio espaço na grande rede e em Agosto de 2016 começou a disponibilizar artigos, análises, críticas e indicações de arte em geral.

Atuar em várias atividades pode caracterizar concorrência desleal

Artigo 18 da série: Jogo sujo e concorrência desleal

Atuar em muitas atividades, especialidades ao mesmo tempo é uma prática que pode caracterizar concorrência desleal

Algumas empresas, profissionais devido ao poderio, superioridade política e ou financeira, atuam em muitas, outras até em todas as atividades / especialidades de um mercado paralelamente, ou seja, ao mesmo tempo, tirando assim a oportunidade de outros.
Em muitos casos atuar em muitas áreas próximas e até distintas, além de ganância, não deixa de ser também uma concorrência suja, pois não deixa espaço para outros empreendedores e profissionais, principalmente menores.

Esta prática piora muito, especialmente quando se tem poder de influência e ou financeiro para dar presentes, subornar, comprar informações privilegiadas, investir em publicidades, jornalistas, colunistas, críticos para construir e ou elevar o nome, reputação, o colocando acima da grande maioria, mostrando ser o melhor, na maioria dos casos não sendo realmente.

Grandes exemplos são Microsoft, HP, Dell e vários outras corporações da área de TI, que não se limitam; querem ser tudo, atuar em várias, melhor dizendo, em todas as especialidades, campos. Um bom exemplo para o momento, é o armazenamento na nuvem. Todas as empresas citadas e mais, Symantec, Adobe e muitas outras estão oferecendo este tipo de produto, cada uma com pequenos diferenciais. Em muitos casos de muitas empresas fornecendo o mesmo produto, leva a saturação de mercado e consequentemente a falência da maioria. As maiores sabem disso e não estão preocupados pois devido ao seu poderio de fogo têm certeza que no fim vão ganhar, mesmo em alguns casos o seu produto não sendo o melhor.

Não deve existir monopólios, oligopólios do tipo que se caracterizam jogo sujo, concorrência desleal, mas também não deve ter excesso, oferta, muito maior do que a demanda de mercado. Mas isso não vem ao caso neste momento. Continuando, apesar de quase impossível devido a extrema ganância dos maiores, corporações, empresas e governos, devem ter bom senso, se manterem dentro de algumas especialidades, atividades, produtos e deixar espaço para outras.

Novamente usando o serviço de armazenamento na nuvem como exemplo, de dez até quinze concorrentes mundiais são mais que suficientes para atender a demanda do planeta. Mas não deveria ser nenhuma empresa como Microsoft, Google, Dell, Symantec, nem outras empresas, corporações, acionistas ou investidores ligados a elas, que já têm diversos tipos de produtos, serviços e que tem uma receita astronômica. Para a máquina financeira econômica continuar a se movimentar de forma eficiente, “saudável”, é necessário que surjam novas empresas, que novos empreendedores tenham chance. Caso contrário a máquina econômica irá novamente diminuir sua velocidade de forma significativa por falta de dinheiro circulando.

O fato de gigantes corporações dominarem todos os principais mercados, tirando a oportunidade de menores se destacarem, é jogo sujo e concorrência desleal. E isso, mais cedo ou mais tarde será um dos principais fatores, que levará o mercado mundial a entrar em colapso pois atinge diretamente os micro e nano empresários, profissionais liberais e trabalhadores que são também os consumidores que mantém a máquina econômica funcionando, e que a cada dia perdem rapidamente seus empregos e poder de compra.

 

Monopólio e oligopólio nem sempre caracterizam concorrência desleal

Monopólio e oligopólio podem ou não caracterizar concorrência suja – depende de como surgiu e ou é mantido no setor. Em alguns casos o monopólio e o oligopólio que nascem e se mantêm naturalmente devido à falta de concorrentes, com produtos e ou serviços à altura quanto a qualidade e eficiência, não podem ser considerados concorrência desleal, mas quando é objetivado e gerado às custas de jogo sujo, sim, é concorrência desleal e deve ser rigorosamente combatido e punido.

Em outros casos, também justificáveis, alguns monopólios e oligopólios ocorrem devido a inviabilidades técnicas ou mesmo de demanda de uma região. Algumas regiões podem não comportar / suportar mais de um fornecedor de determinado produto e ou serviço pois a demanda é pequena demais e com isso, a existência de um ou mais concorrentes colocaria ambos em maus lençóis econômicos e financeiros, levando-os a falência e deixando a região sem fornecedor. Simplificando, em alguns casos, um é bom, mas dois pode ser demais. Obviamente que há mercados que comportam tranquilamente vários concorrentes, outros podem saturar e se tornar inviável para todos.

Outros artigos da série:
Jogo sujo e concorrência desleal


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Validação *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Link to my Facebook Page
Link to my Youtube Page